RUMOR: Ezio pode ser um personagem jogável em Soul Calibur V

Desde Soul Calibur II que a série adotou uma espécie de tradição bem legal: sempre tem um personagem especial convidado de outra franquia no game.

De Link à Yoda, passando por Kratos, Heihachi e Dart Vader, muitos personagens já emprestaram seu talento lutadorístico para a série. E os primeiros rumores sobre quem pode ingressar nesse seleto grupo.

Segundo a imagem acima, Ezio di Auditore da Firenze, estrela dos últimos 3 jogos da franquia Assassin’s Creed, vai passar sua lâmina escondida pela garganta da galera em Soul Calibur V. Sim, eu tenho plena noção que a frase anterior soou estranha.

Como nossos deputados e senadores adoram afirmar, a imagem não prova nada. Ela foi divulgada pelo Joystiq, que recebeu de uma fonte anônima. Ou seja: pode ser real, pode ser alguém particularmente bom no Photoshop e com algum tempo livre trollando à todos nós.

Caso se confirme, regozijai-vos!

Vale lembrar que o produtor da série, Daishi Odashima, falou recentemente no Twitter que ainda havia tempo pra galera sugerir participações especiais  pro jogo, mas que ele não podia garantir sequer se existiriam participações.

Quem vocês gostariam de ver no game? Eu gostaria, além do Ezio, de ver nomes como Dante de Devil May Cry, Cloud e Sephiroth de Final Fantasy VII e a Mulher-Maravilha, da DC Comics.

O quê? Eu posso sonhar, não?

A história de Soul Calibur V se passa 17 anos após Soul Calibur IV e devemos esperar por mudanças no elenco do jogo. A começar pelo protagonista, Patroklos, filho de Sophitia e Rothion. Em compensação, nomes antigos estarão presentes como Siegfried e Nightmare. O sistema de criação de personagens de Soul Calibur IV também estará de volta.

Soul Calibur V será lançado para PS3 e Xbox 360 em 2012.

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...