Combo 5 Bônus | Dicas para fugir do Carnaval

  Roberta Rampini  |    sábado, 18 de fevereiro de 2012

A Rampinii recebe o Leco nos aposentos do Combo 5 para juntos confabularem maneiras de passar esse Carnaval fugindo da folia

Faça você mesmo!

Cosplay

Rampinii: Você assistia Eliana que eu sei, o medo de usar uma tesoura com ponta te persegue até hoje, assim como a necessidade da supervisão de um adulto… Pois bem, já diria um amigo meu, cosplayer que é cosplayer tem que no mínimo saber como faz ou como monta. Pela internet tem vários tutorais bem legais de como fazer seu próprio cosplay com coisas que você tem em casa ou compra na papelaria ou rouba da cozinha da sua mãe. A minha fica louca, tenho sacolas e sacolas de retalhos de pano, roupas velhas que se eu sair na rua vou ser apedrejada e como item de decoração o chapéu do Chapeleiro Maluco que eu mesma fiz com uma sacola de papelão.

Leco: Afinal, se esse Carnaval tem alguma coisa boa, é a liberdade de você poder fazer um cosplay qualquer e não ser julgado de forma errada. Tá todo mundo fantasiado mesmo, né? Todo mundo faz cosplay no Carnaval, aproveite e seja mais um. Uma dica: se você for mulher, com mais de 18 anos, e fizer um cosplay da Cammy, Chun-Li, Hermione, Bulma, Misty, Mulher-Maravilha, Poderosa ou Ms. Marvel, mande as fotos para [email protected]. Se você for homem e fizer do Khal Drogo, pode jogar fora as suas fotos…

Rampinii: Ou mandar para mim. Bjs. Me twitta.

Leco: Com todo o respeito aos cosplayers, claro. (Não esqueçam das fotos, ok?)

Rampinii: Deve ser bem por isso que eu sempre gostei de Carnaval, desde sempre obriguei minha mãe a costurar ela mesma as fantasias que eu inventava ou via na tevê. Nunca fui bailarina do É o Tcham e me orgulho disso! Aproveite o Carnaval para ser livre, porque sério, ir para o trabalho e a faculdade de Corvina no dia do #RavenclawPride pode ser um pouco traumatizante ainda que na sua cabeça faça muito sentido… Sério… Mesmo.

Leco: Clap clap clap

Rampinii: Caso queira se disfarçar ainda mais, crie um bloco de cosplayers! Já viram o Enquanto isso na Sala da Justiça? Que tal uma zombie walk fora de época? Se joga na folia e cante aberturas de anime como se fosse marchinha, mo bein.

Faça um filme!

Leco: Tem uma câmera de filmar na mão? Sempre quis ser diretor? Nunca entendeu porque o Leonardo Di Caprio é tão famoso e ninguém te conhece? Então chegou a hora de tomar vergonha na cara e extravasar sua criatividade em forma de conteúdo, rapaz! Pega a sua câmera, junta seus amigos desmiolados e bora gravar um curta! Até a mulecada de Super 8 fez um curta maneiraço!

Rampinii: Um beijo para os meus amigos desmiolados ;)

Você ainda pode se empolgar no processo, porque sim, eu sempre quero tomar tudo mais complicado. Já parou para assistir os putas Live Actions que tem pelo youtube a fora? Alguns são profissionais como Dragon Age da Felicia Day,  Assassin’s Creed e a web série de Mortal Kombat. Não que os de fã fiquem atrás, pelo contrário.

Leco: Não, senhor. Tem muita gente amadora fazendo um trabalho que é melhor do que o de muito profissional por aí. Só à título de exemplo, chorem com esse trailer feito por fãs de Naruto:

Então, não tem desculpa. Se você quer contar uma história e tem os materiais pra isso, vá em frente! E não esqueça de mandar pra gente!

Rampinii: Com certeza. Também podem fazer algo mais despretensioso, como redublar cenas, trailers, ou mesmo gravar um clip daquela super paródia de Star Wars que você escreveu com a nova música da Katy Perry. No fim, o que importa é mandar para a gente.

Leco: Não esqueçam de mandar pra gente, seja lá o que vocês filmarem! Se não quiserem, a gente não publica. Mas vão tirar as risadas da gente? Mandem, mandem, mandem! Mwahahahaha!

Rampinii: Poxa, só porque eu queria um Combo Fã… Deixar isso aqui na mão de vocês e tals… Pois é. É nessa hora que eu penso, qual é a última super dica de Carnaval, Sr Barros?

Espanque o Michel Teló

Leco: Eu não quero incitar a violência e não tenho nada contra o Michel Teló em si, fora as péssimas músicas dele. Mas, antes de explicar a última dica, quero relatar uma atividade que acontecia na minha cidade na época da Páscoa. Chama-se Malhar o Judas. A mulecada construía uns bonecos do Judas na Páscoa e saia dando bicuda e pontapé no boneco pela cidade pra ganhar 30 balinhas dos lojistas (Espírito Cristão, gotta love it!).

A nossa última dica é uma versão Carnavalesca do Malhar o Judas. Construa um boneco do Michel Teló ou seja lá quem for o filho de uma quenga que fizer sucesso nessa Carnaval com uma música tremendamente irritante e, cada vez que a música tocar, espanque o calhorda com o vigor digno de um Aquiles.

Tocou a música, desceu a porrada no boneco. Sem dó. Show No Mercy. Vai te fazer sentir melhor.

Rampinii: Fotos do boneco, antes e depois, é claro.

Se mesmo depois de tudo isso você disser que seu carnaval foi chato, insosso, tedioso, não te resta mais nada da vida: Procure ajuda profissional, no divã ou na cama, porque né…

Leco: O primeiro passo é admitir que precisa de ajuda. Não tenha medo!

Rampinii: Na verdade aceitação é o último, o primeiro é a negação, depois raiva, barganha e depressão…

Leco: Ok, eu não manjo porque nunca precisei. Ouçam a voz da experiência aí! /\

Rampinii: TA ME CHAMANDO DE LOUCA? Olha meus amigos do Arkham hein…

Leco: 190? A ambulância ainda vai demorar 10 minutos!? EU NÃO TENHO 10 MINUTOS, MERMÃO! A MULÉ É VIOLENTA! ELA VAI ME MAT…


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários