Jurassic World tem a maior bilheteria de estreia da HISTÓRIA!

Parece que todo mundo esqueceu Mad Max: Estrada da Fúria e agora só se fala em Jurassic World – O Mundo dos Dinossauros e Chris Pratt provou mais uma vez que é o novo menino de ouro de Hollywood.

Segundo o Deadline, o último fim de semana foi histórico para o cinema e os números que o rodeiam. Pela primeira vez um filme estreia batendo a marca de meio bilhão de dólares em um único fim de semana. Além disso, Jurassic World ainda quebrou o recorde da maior estreia internacional de sempre com $307.2 milhões de dólares arrecadados ao redor do mundo, sem contar o mercado doméstico. Nos Estados Unidos o quarto filme da franquia iniciada por Steven Spielberg em 1993 estreou com $204.6 milhões de dólares e se tornou a segunda maior bilheteria de sempre apenas atrás do primeiro filme d‘Os Vingadores. Com essa estreia doméstica Jurassic World bateu a estreia de Os Vingadores: A Era de Ultron que era a segunda maior com $191.2 milhões. Ou seja, ao todo, Jurassic World anotou $511.8 milhões de dólares em um único fim de semana.

O fim de semana ainda foi histórico porque os Estados Unidos anotaram a maior arrecadação em bilheterias de cinema da história com $262 milhões de dólares que tinha sido anteriormente batida com a estreia de Avatar em 2009.

Para a Universal também tem sido um ano espetacular, o estúdio comemorou no último dia 11 de junho o fato de ser o estúdio de cinema, de todo o mundo, a chegar a marca dos $2 bilhões de dólares em arrecadação mais rápido em um único ano. Ontem com o fim das contas do fim de semana o estúdio conseguiu o mesmo recorde nos mercado doméstico, arrecadando em apenas 165 dias mais de $1 bilhão de dólares só nos EUA e totalizando mais de $3,3 bilhões em 2015.

Veja aqui o que nós achamos de Jurassic World.

/Games

O futebol além dos campos

/Séries & TV

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

/Séries & TV

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

/Séries & TV

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

/BananaBooks

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

/BananaBooks

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld