Filme do Demolidor perde diretor e filme do Quarteto Fantástico ganha diretor

A 20th Century Fox divulgou duas informações sobre alguns dos seus próximos filmes de super-heróis. Uma boa e outra ruim. Ou talvez uma ruim e uma boa. Deixo que vocês decidam.

O reboot do Demolidor (Daredevil), que estava sendo desenvolvido por David Slade, acabou de sofrer um grande baque. Slade, que iria dirigir o filme, se desligou do projeto, para poder focar na produção do piloto de Hannibal, série de TV do famoso serial killer (era essa a novidade que ele tinha pra gente?). A situação do Demolidor nos cinemas começa a ficar interessante. Se a 20th Century Fox não começar a filmar o longa até o quarto trimestre desse ano, os direitos do personagem voltam para a Marvel. Se os direitos voltarem para a Marvel, o Demolidor pode entrar no Universo Cinematográfico da Casa das Idéias.

Se o filme do Demolidor corre perigo, o do Quarteto Fantástico vai em frente. A Fox anunciou que Josh Trank (Poder Sem Limites) vai mesmo dirigir o reboot da equipe nos cinemas. Ainda não há elenco definido (embora a gente tenha dado algumas sugestões recentemente) e nem data de estréia para o filme.

Vamos ficar de olhos abertos (menos você, Demolidor) para novidades dos dois projetos.

via Deadline (1 e 2)

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...