Showrunner de Game of Thrones fala sobre as diferenças entre os livros e a série

D.B. Weiss, produtor e showrunner de Game of Thrones, falou em entrevista ao Huffington Post sobre as diferenças entre os livros de As Crônicas de Gelo e Fogo, escritos por George R.R. Martin.

Antes de começar a ler o que Weiss disse, lembre-se que as declarações do produtor contém spoilers sobre acontecimentos futuros da série.

Na entrevista, Weiss comentou que, apesar de promover algumas mudanças na série, os responsáveis pelo seriado da HBO sempre levam em conta tudo que já aconteceu nos cinco livros publicados e em informações sobre o que ainda vai acontecer, dadas por George R.R. Martin. “Nós quisemos ter certeza que não faríamos nada que fosse muito drástico à esse respeito“.

Uma das mudanças mais proeminentes notadas pelos fãs nessa segunda temporada é a presença de Robb Stark (Richard Madden), que não aparece tanto assim em A Fúria de Reis, livro no qual os acontecimentos da atual temporada são baseados. Weiss explica:

Robb é ausente no segundo livro, mas ao mesmo tempo, não está ausente. Nós não acompanhamos as coisas pelo seu ponto de vista. Basicamente, ele não está “na tela” no livro mas, ao mesmo tempo, ele está sendo sempre mencionado pelas histórias sobre alguma coisa que fez. Nós adicionamos isso ao imenso talento e magnetismo de Richard Madden e o que ele trouxe ao personagem – foi uma decisão muito fácil para ter certeza que ele tinha sua própria história que se expande por toda a temporada“, disse Weiss.

Para terminar, Weiss comentou sobre um grande acontecimento do terceiro livro, que deve aparecer na terceira temporada da série. Se você já leu Tormenta de Espadas, sabe do que se trata:

Tudo que eu posso dizer é que nós ainda estamos escrevendo a terceira temporada, então nós podemos avisar quando os roteiros estiverem prontos. Mas não vamos. [Risadas] É um desse tipo de coisas que, mesmo só dizer as pessoas que tem algo grande vindo é prejudicial. Eu lembro de como experienciei esse evento nos livros e foi uma surpresa massiva e chocante e parte do choque surgiu de não ter idéia do que aconteceria. Por isso, nós gostaríamos de preservar esse momento para aqueles que não leram os livros, na medida do possível“.

Minha única preocupação era saber se iriam retratar esse momento ou não na próxima temporada. É bom ver que eles não pretendem recuar.

A segunda temporada de Game of Thrones, com Peter Dinklage, Emilia Clarke, Lena Hadley, Michelle Farley, Sophie Turner, Maise Williams, Jack Gleeson, Kit Harington, Rose Leslie e um elenco interminável, passa aos domingos na HBO Brasil.

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...