Review | True Blood 4×04: I’m Alive on Fire

  Jéssica Pagliai  |    sexta-feira, 22 de julho de 2011

@JehPagliai fala sobre o melhor episódio dessa quarta temporada até agora, o que você achou? Concorda que foi o melhor?

E há quem diga que esse foi o melhor episódio da temporada até agora…E eu, realmente concordo! Muitas coisas acontecendo, se você não quer ser surpreendido por SPOILERS pare aqui, e vá ver os outros reviews e informações da série!

Após ter sugado todo o sangue da fada madrinha de Sookie, Eric fica aparentemente bebâdo, já que o sangue delas tem esse poder sobre os vampiros, alem de possibilitar que possam se expor ao Sol por algum tempo sem se queimarem.

Enquanto isso, Bill continua a sua procura por toda parte. Até tenta tirar informações a Pam, mas como foi bem ensinada á dar até a propria vida para a proteção de seu criador, não diz nada a ele.

Jason continua preso em HotShot, servindo de Pai Pantera progriador, junto dos selvagens. Até que, quando chega à vez de Becky, que não passa de uma criança, se recusa. Conversando com ela, consegue fazer com que o solte, e mesmo estando bem debilitado com todas as feridas que as panteras o fizeram para que ele pudesse se transformar, acaba conseguindo fugir.

Bill informa Nan Fanagan sobre as bruxas e ela fica irritada ao saber que envolveu Eric no caso. Pensa ser tolice, achando que o coven não passa de um grupo de hippies. O rei terá então de tratar o caso pessoalmente, sem poder levar-lo as autoridades, e sem derramar nem uma gota de sangue humano, para que não seja mais um escandalo ligado aos vampiros.

Mas as coisas não são tão simples assim, já as bruxas estão ligadas ao massacre espanhol de 400 anos atras. Marnie volta no tempo em sonho, e vê o que aconteceu com o espirito da bruxa a qual se ofereceu.
No momento de sua morte e antes de ser queimada, lança um feitiço em que diz que os envolvidos pertencem a ela, e que eles que vão queimar por seus pecados.

Sookie pede a ajuda de Alcide, para seguir o cheiro de Eric e assim descobrir onde ele foi parar. O encontram então nadando num lago, feliz da vida; Porem a felicidade logo acaba quando o efeito do sangue da fada acaba e ele começa a queimar, e é obrigado a voltar pra casa, correndo com a velocidade de vampiro, mesmo não querendo voltar para a escuridão.

Confesso que a cada episódio, fico mais encantada com Eric, que está cada vez mais fofo! Parece uma criança, com o detalhe de ter mais de mil anos, quase 2 metros e tão lindinho!

Tara, Jesus e Lafayetter vão até Marnie procurar instruções para quebrar o feitiço de memória de Eric, e depois de muito procurarem nos livros, acabam recebendo uma ajudinha misteriosa, finalmente o encontrando.

Felton descobre que Becky ainda é virgem, e que deixou Jason escapar. Crystal diz que como já conseguiram “a semente” de Jason, não precisam mais dele mas Felton não aceita, se transformam em pantera, para irem atraz dele, para o matar. Jason mesmo sem ser tão esperto sabe como fazer e mesmo muito ferido, para no meio da mata, tira a camisa e joga para longe para confundi-los com seu cheiro, passa terra no corpo e sobe numa árvore, afiando um galho para atacar quem aparecesse. Bufon é o felizado e acaba morrendo; Crystal logo aparece e acaba por deixa-lo ir, dizendo que o esperará na Lua Cheia.

Jason acaba por seguir, e cada vez mais debilitado acaba desmaiando no acostamento da estrada e, por sua sorte acaba sendo “encontrado” por Hoyt e Jessica, que dá seu sangue para que se recupere dos graves.

Bill vai a casa dos Bellefleurs, e durante conversa sobre as gerações passadas com Caroline (a avó de Portia e Andy), acaba descobrindo que Portia é sua tatara-tatara-tatara-neta, acaba saindo e dizendo que por esse motivo, eles não porem mais se ver.
Vai então a casa de Sookie, dizendo que procurou Eric por todo o lado, mas que ficou faltando ali, pedindo então para verificar. Mas claro, Sookie não deixa e usa o fato dele ter mentido tanto para ela para o impedir, e acaba conseguindo.

O filho de Arline, continua cada vez mais (no mínimo) estranho. Dessa fez,  após Teddy o dizer que o bebê tinha a familia bela e seu como seu pai o ensinaria “coisas de homem”, vai até a lavanderia tirar as roupas da maquina de secar. Quando volta, vê escrito perto do cercadinho: “O bebê não é seu” e a criança, brincando com a canetinha com que foi escrito.

Por fim chega a hora de fazer o feitiço de reversão para Eric, e mesmo ele não estando presente, Pam “o representa”. Mas, ao achar que ele não serviria de nada, eis que surge o espirito da “bruxa espanhola” que faz um feitiço, e Pam fica com parte do rosto deformado, como se tivessem jogado acido sobre ele.

Aqui um promo do quinto episódio:

Outros episódios de True Blood:


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários