Review | Terra Nova 1×04: “What Remains”

Sabe que a sorte da FOX é que eu sou brasileiro e não desisto nunca, se não fosse por isso, tinha desistido nesse episódio. Vou dar todos os spoilers possíveis, esteja atento, você está pisando em território inimigo cara-pálida.

Porra FOX? Sério?

Eu poderia muito bem encerrar o post aqui e resumir o episódio em uma frase: Simplismente o pior episódio que já vi em uma série!

Que história foi essa? Uma estação de pesquisa afastada da colônia central, é infectada por uma misteriosa doença que faz com que todo mundo perca a memória, se propaga pelo ar, o “boss” da parada é comido por um t-rex (acho) porque perdeu a memória e não sabe onde tá, Taylor, Elisabeth e um feioso vão para a estação saber o que acontece, são infectados também, Elisabeth quando está localizando a cura perde a memória, preocupados Shannon e Malcolm vão ao encontro eles, Malcolm é infectado, Shannon não. Taylor faz ceninha como se estivesse na guerra, papo vai papo vem, Elisabeth que achava que Shannon era um segurança acaba se lembrado que é seu marido, e mais papo vai e papo vem, e ela descobre, que o infeliz não foi infectado pois está gripado… e fim!

Sabe qual a sensação que eu tive no fim? Um sensação de vazio… Sério? Doença inexplicável, causada por algo desconhecido, e uma médica, sem memória, acha a cura que é uma vacina a base do vírus da gripe? Não pode ser real…

As partes por fora dos acontecimentos da semana também, meus Deus, o que foi aquela cena do Josh e da Skye, o cara beija ela e depois ela vai ajudar a trazer a namorada dele para Terra Nova, com qual objetivo ela fez isso? E o mano do bar, sensacional… descobrimos enfim o informante de Mira em Terra Nova.

Apesar do desenvolvimento entre Josh e Skye ter sido bem estranho, foi apenas essa sequência paralela que salvou a dignidade do episódio, afinal criou algum mistério, entregou algumas pessoas, e criou mais ganchos, resta saber se serão aproveitados.

O engraçado é que, como eu disse anteriormente, a trama tem bons ganchos para te prender, tem como criar uma história bem legal ao redor daquilo tudo, mas nada ajuda, as histórias fantasiosas demais não ajudam, os atores terríveis não ajudam, os efeitos especiais não ajudam, a coisa tá feia… Falta a ciência palpável e o mistério na série. Vou encerrar por aqui, pois to sem paciência para Terra Nova… Vá ver Fringe cara-pálida, larga disso…

Me desculpem os fanboys, eu também quero que a série melhore, mesmo! Quero ver uma ótima série de dinossauros e sci-fi tanto quanto vocês, ou até mais.

Promo do próximo episódio:

Episódios antigos:

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...