Review | Supernatural 7×04: “Defending Your Life” e 7×05: “Shut Up, Dr. Phill”

  Marcel Bittencourt  |    segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Confira a nossa opinião sobre os episódios "Defending Your Life e "Shut Up, Dr. Phill", o quarto e quinto da sétima temporada de Supernatural

Supernatural 7×04: “Defending Your Life”

E o capítulo começa com uma clássica referência ao filme Christine, de Stephen King. Um homem é perseguido por um carro “amaldiçoado”. Com um toque de humor nonsense, o cara acaba se refugiando em seu apartamento, o que não impede do carro pegá-lo. Sim, o homem é atropelado por um carro dentro de seu apartamento.

Após um pouco mais de investigação, os Winchesters descobrem que todas as vítimas haviam cometido algum tipo de crime no passado, embora atualmente estivessem levando uma vida honesta.

Dean é pego pelo vilão do episódio, um deus egípcio chamado Osiris. Ao ser submetido a uma espécie de julgamento, Sam se oferece como advogado do irmão.

Osiris diz que seu trabalho é apenas mostrar os crimes das pessoas e se elas ainda se sentirem culpadas, ele envia os fantasmas para executar o trabalho.

Para Dean, Osiris chama o fantasma de Jo e Sam, dizendo que Dean é responsável por todas as desgraças em suas vidas. Mas o Winchester tenta convencer o juiz de que ele não se sente culpado. Eis que Osiris pergunta se Dean quer que ele chame a terceira testemunha. É Amy, a kitsune do episódio anterior. Sam não sabe que seu irmão, mesmo após ter prometido deixá-la em paz, havia matado o monstro. Então Dean se considera culpado e recebe a sentença.

Sam sai em busca de algo que possa destruir o deus egípcio enquanto o fantasma de Jô aparece para Dean. Mesmo não querendo, ela acaba tentando matá-lo.

Mas é claro que no final tudo fica bem… Ou quase…

No geral, esperei mais do episódio. Começou interessante, mas creio que os roteiristas se perderam no meio do caminho. Entendi que eles quiseram trabalhar mais o lado psicológico dos personagens, mostrando que mesmo após tantos anos, não é fácil para eles tomarem certas decisões e tal. Mas mesmo assim, acho que faltou algo. E claro que nem sinal dos Leviathans. Ou Castiel. Será que Misha Collins saiu mesmo da série?

Minha nota para o episódio: 3

Supernatural 7×05: “Shut Up, Dr. Phill”

Vou confessar uma coisa: eu gosto dos capítulos sérios do Supernatural, mas sem dúvida, os de comédia são meus favoritos. E o capítulo dessa semana é meio que de comédia. Não chega a ser um Mistery Spot ou Tell Tales (meus favoritos), mas foi um capítulo bem engraçado.

Começou com um tom meio Premonição e daí pra frente, só tragédia… Uma mulher é torrada em um secador de cabelo, outro é cozido vivo em uma banheira, outro é pregado enquanto estava fazendo um número 2… Só insanidade.

Então, após algumas investigações, os Winchesters descobrem que o motivo de tudo isso é que a esposa de um figurão é uma poderosa bruxa. O figurão havia traído sua esposa e todos os envolvidos nessa trama pagaram com suas vidas.

Mas a coisa fica mesmo hilária quando é revelado que ambos são bruxos e tudo não passa de uma discussãozinha de casal (claro que quando estamos falando de dois bruxos extremamente poderosos, não são apenas pratos quebrados ou fotos rasgadas).

Os Winchesters tentam matar o casal, mas falham miseravelmente. Qual a solução? Bancarem a Marcia e resolverem o conflito matrimonial.

Essa situação acaba gerando cenas hilárias.

Um dos Leviathans aparece no final do episódio e se não fosse devido à interferência de um dos bruxos (o marido), os Winchesters provavelmente seriam mortos.

Bom, como disse anteriormente, eu aprecio episódios cômicos e esse soube dosar a coisa. O casal bruxo foi interessante e eu gostaria de ver esses personagens novamente na série. Novamente, nada de Castiel. Mais uns cinco ou seis episódios até o final desse ciclo (que acaba em dezembro), então ainda teremos outros filiers antes das coisas começarem a acontecer de verdade. Mas se continuar assim, eu não irei reclamar.

Minha nota para o episódio: 7

Veja a promo do próximo episódio de Supernatural:

O que nós achamos dos episódios anteriores:


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários