Review | Falling Skies 1×04: “Grace” + Promo do 5º episódio!

  Eder Augusto de Barros  |    terça-feira, 05 de julho de 2011

Quarto episódio da série produzida por Steven Spielberg, estrelada por Noah Wyle, e transmitida pelo canal TNT e Space, comentamos o episódio e deixamos as nossa impressões.

Vamos lá queridos companheiros, comentar mais um passo que a força de resistência 2ºMass deu rumo a sobrevivência. Vamos ao já recorrente blábláblá, da imagem para baixo tem SPOILERS, muitos, se você ainda não viu o episódio, e não quer saber o que acontece, que tal dar uma volta pela página inicial e escolher outra notícia? Ou que tal ler os outros reviews de episódios antigos de Falling Skies, você pode ler os dois primeiros aqui e o terceiro aqui.

Bem, se você está lendo isso é porque quer saber de tudo, então vamos a isso! Antes de detalhar o episódio, devo admitir que pela promo, eu esperava muito mais. No terceiro episódio, vimos a captura de um Skitter como prisioneiro de guerra e no fim, vimos que o filho de Mike acordou ao chamado do Skitter, como se pudesse controlá-lo. Depois disso, e de ver algumas cenas no promo, eu esperava muito mais, no entanto e episódio fui muito lento, cadenciado. Vamos aos fatos.

Parece que houve um acordo para a concepção da sequência dos episódios, uma fórmula que funciona bem em séries com CSI ou Criminal Minds, que é, história geral em segundo plano e missãozinha do dia. TNT, em Falling Skies, com este tema, essa fórmula não vai rolar, ta na hora de prender o telespectador numa sequência forte que pule de um episódio para outro, e talvez para outro, se não, é capaz de nem haver segunda temporada, estamos quase no meio da temporada, e a coisa estacionou desde o segundo episódio.

Como acabei de dizer, o episódio começa com a missão do dia, que é, arranjar motos, para depois ir arranjar remédio, para depois ir salvar o Ben, as condições para que Tom conseguisse permissão de ir buscar o filho, já ultrapassaram os limites da loucura, nem um homem em sã consciência, aceitaria tantas exigências pelo “direito” de salvar a vida do filho. Bom, Pope é escalado para a missão, saberiamos que ia dar merda, a Maggie avisou, deu merda. No percurso até a loja de motos que está abandonada, alguns diálogos de pai e filho lamentando a perda de Karen e da esposa de Tom, coisas meio idiotas. Na sequência da caminhada eles encontram um grupo de Skitters dormindo como morcegos, em baixo de um viaduto, Pope já logo quer matar os pobres seres de seis patas asquerosas, como ele não tinha arma não pode fazer nada. O grupo de Tom se espalha. Hal e Dai vistoriam a área, parece que há dois Mechs em stand by, sendo assim eles desistem de atacar os Skitter para não acordarem os Mechs, voltam ao objetivo final, roubar motos.

Enquanto isso na escola onde estão o sobreviventes do 2º Mass, Matt arranja um emprego como “Oficial de Comunicação”, Scott o promove a essa função depois de encontrar um rádio muito velho que capta alguma frequência sonora, o pobre jovem vai ficar rodando a manivela e apertando um botão. Detalhe que antes de Tom sair para a missão, Matt queria ir junto, queria matar Skitters, espero que não coloquem o pobre menino para fazer isso, forçaria ainda mais a barra. Vamos prosseguir, ainda na escola, Anne, nossa bela pediatra, pensa que o Skitter é uma criança e começa a lhe mostra imagens da Terra e da Galáxia, na esperança que ele responda, pobre Anne. O nome do episódio é Grace, o primeiro motivo, é quando Jimmy encontra Lourdes rezando pelas crianças capturadas,  eles tem uma conversa, que eu só posso chamar de idiota, sobre fé, um vai-e-vém depois temos outra cena que, caracteriza o episódio pela segunda vez, esta na cena que se passa na hora do almoço, com Lourdes rezando e agradecendo a Deus pela comida e eteceteras, Weaver ouve, retruca com seu mal-humor habitual. Ainda do 2º Mass temos a segunda tentativa de Anne, conseguir que o Skitter fosse seu paciente, ela não entendeu que aquilo é um adulto, e ela é uma pediatra. Eis que a boa moça, tenta dar água para o companheiro verde fedorento, no ínicio, até parecia que ela ia conseguir, eis que Harris adentra a sala carregando uma maca, assusta a pobre coitada, e mostra um Skitter cadáver para o prisioneiro, maravilhoso Harris, o etezão fica furioso.

Voltando a loja de motos, o óbvio acontece, Pope da um jeito de fugir, sabiamos todos que isso ia acontecer, tava na cara, pra mim foi armação do Weaver que não queria o rapaz lá. Além de fugir, Pope ainda fez o favor, de explodir aqueles Skitters dormindo, maravilha né? Grande Pope. Com essa explosão aparecem várias crianças a porta da loja de motos, todas armadas, provavelmente controladas por um Skitter, e abrem fogo contra o resto na loja, Dai foi baleado, Tom arma um esquema para chamar atenção, nessa Hal e Anthony fogem, logo em seguida era a vez de Tom, carregando Dai na garupa, eis que surge o Skitter vilãozão, Dai o acerta na face, e acaba a brincadeira, motos roubadas, Pope foragido, missão cumprida capitão!

Na escola, o filho de Mike acorda, a mando do Skitter, não reconhece o pai, Mike furioso vai até o Skitter, aquele lero trocado, e Mike enfia a arma na boca do Skitter e o etezão desmaia, como assim? Assim, enfia a arma na boca e asqueroso desmaia, mesmo literalmente, sem atirar, WTF? Em outro canto, Harris e Anne abriram todo o Skitter, para tentar encontrar algo que ligasse as frquências do rádio aos nobres amigos verdes de seis patas. Mike vai ao encontro deles. Nesse meio tempo em que o filho de Mike fica só, ele apronta, o etezão é mal, comanda o rapaz para que coloque o arreio de volta, na outra sala percebem que o rapazote está só e vão ao encontro dele, aparentemente o etezão tava mesmo comandando o muleque. Harris tenta interagir, Mike fica louco e tira o arreio com as mão, e o rapaz fica desacordado. Para terminar o episódio, temos a terceira cena de Lourdes rezando, dessa vez ao jantar, com todos juntos, até Weaver, e comendo o pão que Pope deixou como presente. Grande Pope!

Eu já expressei minha opinião em relação a série no ínicio, gostei da obra num geral, estamos quase no meio, mas até agora, só o segundo episódio foi bom, o resto, um pior que o outro até este, que foi o pior até agora. O tema deveria render uma boa história, não está sendo bem aproveitado, mas acompanharei até o fim, veremos no que vai dar.

Mais uma vez a promo promete, espero que o episódio renda também, estamos falando do quinto episódio, Silent Kill, que você vai curtir aqui abaixo, o nome já promete, aguardaremos ansiosos, ou não!

http://www.youtube.com/watch?v=QfjN7P1zU44

Quer saber sobre os outros episódios?


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários