Review | American Horror Story 1×03: “Murder House”

  Jéssica Pagliai  |    domingo, 06 de novembro de 2011

E onde esconder o corpo?

E preparem-se, esse episódio de AHS promete ser bem revelador!

No episódio anterior, já haviamos reparado tamanha raiva que Constance sentia de Moira porem até então sem muito sentido. Mesmo depois que ela conta a Viv e Ben que a governanta já tinha trabalhado em sua casa, pelo menos eu imaginava que essa ira era sem sentindo até ter visto esse episódio onde tudo mudou.

Sim, realmente foi verdade… Constance matou mesmo Moira, por ter pego seu marido a qual era casada desde os 16 anos em sua cama com a empregada. Com apenas um tiro, acertou a cabeça da pobrezinha a matando instantaneamente, e com três acertando o marido. Isso tudo no ano de 1983 e adivinhem, na casa e no quarto que hoje é dos Harmon.

Graças ao mal investimento, que aparentemente parecia ser muito bom, o casal terá que esperar um pouco para se mudar… Mas mesmo depois do acontecido, apenas Viv quer se mudar já que Violet gosta de se referir ao lugar como: o local onde sobreviveram e não onde foram quase mortos.

E mais um paciente freak estranho para Dr. Harmon, dessa vez a mãe da Tara de True Blood Sally Freeman foi se consultar por estar passando mals bocados com o divórcio. Durante a seção, Ben literalmente apaga e quando dá por si está no quintal da casa, com as mãos cheias de sangue. Para ajudar, quando entra em casa se depara com Moira limpando uma grande poça de sangue, e dizendo que estava limpando sua bagunça e que como já havia acabado já estava tudo pronto para a próxima vítima… Daí então surge a primeira discução sobre a empregada, e então surge o a provável explicação de o porque deles verem pessoas tão diferentes “Conheço o jeito dos homens, precisam de vitórias conquistas, e veem o que querem ver. Já as mulheres veem a alma da pessoa”. E talvez por isso, o policial que apareceu na casa também tenha visto a jovem Moira…

Como era esperado, Hayden aparece e ser ter feito o aborto como era o esperado, e dizendo que decidiu em ter o bebê, que irá se mudar para Los Angeles e que ele terá que pagar suas despesas e ser um pai para a criança.

E o que fazer quando a excursão “Trevas eternas” para na joia da cidade na “Casa Macabra” que é onde você vive? Simples, vá com eles e conheça algumas o que já aconteceu onde mora! Afinal, só assim se fica conhecendo a história, com detalhes. Hehehe

E foi isso que Viv fez. Descobriu assim que, sua casa foi construida em 1922 por um médico, um famoso cirurgião da época, de presente para sua esposa Nora uma importante socialite da Costa Leste. Por conta de alguns problemas, Dr. Charles se tornou um viciado em drogas e se tornou um verdadeiro Dr. Estranho, criando aberrações como porcos com asas e duas cabeças, em seu porão. Com os cobradores à sua porta, Nora decidiu ajudar seu marido a conseguir clientes para que, seu marido fizesse abortos. Ou seja, alem dos muitos assassinatos que aconteceram, lá ainda funcionou uma clinica clandestina de abortos. Que lugar maravilhoso pra se viver #not

Durante esse passeio, Viv teve um sangramento e então foi ao médico. Recebe recomendações explissitas de que não deveriam se mudar até o bebê nascer para o bem de ambos, já que uma mudança exige muito esforço e consequentemente estresse o que pode ser fatal para o bebê. E então, Ben desmaia. Por conta disso, faz alguns exames

Larry encontra mais uma vez com ele em uma de suas corridas pela cidade, e pede S1000 dolares para ele, por estar precisando dar alguns tiros na cabeça… “Apaga” e acorda novamente no quintal de casa, dessa vez com uma pá nas mãos. Constance chega (do nada como sempre) e começam a conversar. Alerta que a terra é cheia de pesticidas e por isso, qualquer coisa que lá é plantado, se torna venenoso. Mesmo com o alerta continua cavando.

Graças a placa na rua de Vende-se, aparece uma possivel compradora para ver a casa. Na realidade não é bem uma compradora, mas sim alguem que já lá viveu. Sim, Nora a esposa do Dr. Frankstain foi em sua antiga casa, fazer uma visitinha. Com a cabeça estourada na parte de trás, pareceu estar interessada no bebê que Vivian espera, será que tem algo haver com o seu?

Como a policia é eficiente nos EUA não? Mal Sally Freeman foi dada como desaparecida, já foi encontrada. Com os pulsos cortados, o gravador de Ben e desacordada por conta dos ferimentos, tida sido dada como desconhecida no hospital.

A ex-amante-aluna do Dr. não o deixa em paz mesmo não? Apos o coitado ter furado no encontro, ela já foi toda nervosa a casa do homem. Sorte que enquanto saiam pelos fundo, o Two-Face apareceu e com algumas pazadas na cabeça da jovem, acabou com o problema. Agora sim, os $1000 que ele tanto pede tem uma justificação: o pagamento pelo serviço.

E onde esconder o corpo? Simples, na cova que Ben estava cavando mesmo sem saber. E facilitando muito o trabalho de Larry. Ahm, pelo menos agora Moira não será mais solitária. Agora tem uma companheira para “a vida eterna”. E sob um lindo gazebo…

Outros reviews de American Horror Story:


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários