Review | American Horror Story 1×02: “Home Invasion”

  Jéssica Pagliai  |    domingo, 06 de novembro de 2011

E nem durante a madrugada Addy dá sucego em suas visitinhas surpresa. Mas não, essa não é a única invasão à casa, que entitula o episódio...

E como aconteceu anteriormente, o episódio começou com um assassinato já ocorrido na casa. Mas dessa vez, não foi graças a nenhuma criatura macabra que lá habita mas sim um verdadeiro Serial Killer e sim, em carne e osso. As pobres vítimas foram Maria, que mesmo sendo quase uma santa de tão pura, foi brutalmente esfaqueada. E sua colega enfermeira, que foi afogada na banheira, isso no ano de 1968.

Voltando para os dias de hoje vemos a no mínimo perturbadora consulta de Tate, onde conta para Ben seus sonhos molhados com Violet, a filha do psiquiatra. A consulta acaba com a ligação de Hayden, a ex-amante, que trás uma bela noticia: está gravida dele, e pede a sua presença em Boston para juntos acompanharem o aborto que ela tenciona em fazer.

E nem durante a madrugada Addy dá sucego em suas visitinhas surpresa. Mas não, essa não é a única invasão à casa, que entitula o episódio…

Constance preparando seus cupcakes, com recheio especial de xarope de ipeca o que segundo ela dá dores violentas de estômago e as vezes sangamento interno e cuspe de Adelaide

Ben consumido pela dúvida já que ao mesmo tempo que não quer mentir para a esposa, também não quer que a sua traição dê frutos, por isso decide seguir o concelho de Larry o Two-Face, e vai então pra Boston acompanhar Hayden.

Ao levar os bolinhos-batizados para os Harmon, Constance por ter um oufato maravilhoso (oi?) descobre que Viv está gravida. E é então que pela primeira vez vemos as duas conversarem como se fossem duas grandes amigas, momento raro. Constance então conta que uma mãe nunca dá as costas ao seus filhos, que teve 4 e apenas um nasceu era fisicamente perfeito, que foi o seu presente mas que o perdeu por outras coisas, será que estava falando de Tate? #misterio

Viram como a ex-amante-aluna de Ben ficou furiosa só de vê-lo olhando para o celular? Imaginem o que ela será capaz de fazer depois de ter sido deixada na clinica quando ia fazer o aborto…

E chega o melhor momento do episódio, o real “Home Invason”. Com Viv e Violet estavam muito bem e sozinhas em casa, até que uma estranha toca a campainha. Dizendo que estava ferida, e querendo ajuda pede pra entrar. Como não estamos mais nos anos 60, Viv claro não abre a porta para a moça a deixando furiosa. Corre pedindo para que a filha se tranque no quarto e ligue para a polícia. Como eles não tem o hábito de trancar a porta dos fundos, um do bando consegue entrar, as fazendo de refens. Invadiram a casa, para reconstruir os passos de R.Franklin, o Serial Killer do teaser do episódio. Os três apenas não contavam com os poderes sobrenaturais da casa, e claro da ajudinha do perturbado Tate…

Bianca, que já tinha ido à casa se consultar com Ben e provavelmente investigar a casa antes do grupo entrar em ação foi a primeira vítima: primeiro por comer o cupcake-batizado, e depois por ter sido atingida por golpes de machado pelo garoto sendo cortada pela metade como o sonho relatado na seção. E os outros dois, pelo espírito das vítimas os quais foram encenar. E os corpos, isso foi bem interessante! Moira, Tate e Constance se juntaram para se livrarem do corpo, para assim o psiquiatra continuasse trantando do estranho rapaz.

Por fim, vemos a familia assustada e querendo se mudar… Confesso que, se estivesse no lugar deles nunca nem teria me mudado para uma casa  sabendo que lá já tinha aconteceu um assassinato, que dirá depois descobrindo que tiveram tantos e tantos…

Assistiram o episódio? O que estão achando da série? Me contem, quero saber de vocês tambem…

Outros reviews de American Horror Story:


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários