Produtor comenta sobre nova série de Star Trek

O produtor David Foster, da 147 Entertainment, deu uma entrevista ao site TrekWeb e falou sobre a nova série de Star Trek em que ele está trabalhando para conseguir realizar.

Segundo o site, o produtor está trabalhando no desenvolvimento dessa nova série há algum tempo, que foi inspirado pelos antigos produtores, artistas e roteiristas das séries passadas de Star Trek. O último passo para Foster agora é encontrar o produtor-executivo certo para o trabalho e ir apresentar a série à CBS, canal americano.

O produtor diz que a série já está totalmente desenvolvida, mas ainda sujeita a mudanças. A intenção é definir Star Trek por gerações, com um plano de  5 à 7 temporadas, com o piloto e o episódio final já programados. Ele diz já ter produzido a história de todos os personagens, os conceitos das roupas, naves, cenários, e tudo mais.

A série também está inserida num período pós- Voyager, com foco em levar Star Trek para suas raízes originais, sem desrespeitar as outras séries e filmes. Foster cita Klingons, Ferenguis e Vulcanos como algumas das espécies da série. Segundo ele, os Klingons estão muito inquietos após o incidente Praxis, e não estão contentes em ter que contar com a Federação para ajuda. Os Ferenguis encontraram um novo recurso que os deixou instantaneamente muito ricos e poderosos, mais do que jamais experimentaram.

Quando foi pedido para definir a série, David Foster disse: “Se o mal vestisse o rosto de um herói, você o reconheceria? Se a liberdade viesse à semelhança de seus opressores, você aceitaria? Se você fosse seu próprio inimigo, quem seria vitorioso?”

Minha opinião? É complicado dizer. O cara só criou o conceito. Ainda falta muito pra sequer a série sair do papel. Mas, considerando que saia, provavelmente terá uma primeira temporada com boa audiência, pelo menos no começo. Mas vai ser preciso ter um nível bem alto de qualidade. Mexer com ícones do passado é complicado.

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...