Não conhece Urbance? Veja agora do que se trata
Taís Fantoni

Taís Fantoni
@taisfantoni

  segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Não conhece Urbance? Veja agora do que se trata

“Eu não tinha nascido quando o surto se tornou mortal. O E1 só era ativo entre manos e minas. Assim que o ato estivesse feito, o vírus te derrubava em menos de um minuto. Nos disseram que a maior parte do mundo foi dizimada. As cobras do CO-EVO criaram quarentenas. Os caras foram separados das gurias. Fazer sexo hétero era motivo de prisão, se é que você já não tava morto. Quando o E1 sofreu mutações, passou a valer pra sexo hétero E homo, daí o CO-EVO baniu tudo. Sexo, contato, tudo o que nos torna humanos. (…) nós nos apegamos à música, é o que nos mantém sãos. Eles nos chamam de última geração. Todos nós temos o vírus.”

E essa, minha gente, é a introdução do primeiríssimo episódio de Urbance, uma animação que começou conceitualmente em 2010, mas só passou a ganhar visibilidade com o trailer, em 2013, e mais ainda com o lançamento do Kickstarter no ano seguinte. Aliás, faça-se um favor e assista DJÁ:

Bastante influenciado pelo filme The Warriors e pelo jogo Jet Set Radio, Urbance situa-se num cenário futurista e distópico no qual mais ninguém pode transar se quiser permanecer vivo. O que é o vírus exatamente e como isso tudo aconteceu ainda é um mistério, mas é através disso que começa a premissa básica: Kenzell e Lesya, os protagonistas, geram uma paixão proibida (“como avatares modernos de Romeu e Julieta”, na definição dos criadores), forçando-os a decidirem que lado ficar – visto que o separatismo forçado criou gangues antagônicas entre mulheres e homens –, enfrentarem as autoridades, etc.

Por enquanto não está totalmente definido como será a continuação da série, visto que o dinheiro arrecadado pelo Kickstarter só foi suficiente pro piloto mesmo. O que se sabe no momento é:

  • Os autores querem mostrar o que tem em mãos para investidores e festivais de modo que possam ter a chance de fazer a série de TV em si;
  • Eles planejam transformar o universo de Urbance em uma enorme narrativa transmidiática, sendo que já foi mais ou menos confirmado um quadrinho, dois jogos 2D e a participação de Kenzell como personagem jogável em Hover: Revolt of Gamers. E um tênis, se entendi bem.

No momento em que escrevo, o episódio ainda não está disponível ~oficialmente~ para além dos backers (só um teaser), então se você se animou com o trailer, fica de olho na fanpage. MAS se spoilers não for um problema para você, continue lendo que eu vou lhe apresentar o que ocorre nos oito minutos do piloto.

urbance lesya pilot

Toda a ação acontece em um club clandestino, The Pit. Duas mulheres controlam o fluxo dos participantes, confiscando armas (navalhas, especialmente) ou objetos perfurantes. Com isso terminado, elas borrifam um spray numa espécie de pulseira que todo mundo tem para desligá-lo. Uma delas, Becca, confisca um cara e lamenta por não poder apreender o ~pacote~ dele.

Logo em seguida somos apresentados à Lesya, que entra sem nenhum problema, e Kenzell como DJ da festa, mergulhado em um carnaval de neon tão pulsante quanto às batidas eletrônica tocadas. É também quando os dois parecem se conhecer pela primeira vez. Ethan, amigo de infância de Kenzell, saca o que está havendo e o alerta pra nãos e aproximar “dessas Deadly Eves” (nome da gangue, no caso). Sam, a favorita de Lesya, corre para beijá-la. Ethan manda o amigo se acalmar oferecendo Ndorfin, uma bebida afrodisíaca com design super estiloso que, somado à música, provoca uma sensação muito parecida com a de orgasmo. Com a frustração proporcionada pelo vírus, foi a saída que encontraram.

urbance kenzell

O que acontece em paralelo é também a geração de conflito do piloto: Becca arrastou o rapaz do início pra dentro de um banheiro, munida de muita confiança e duas pílulas laranjas. Explica que “foi testado” e que um amigo lhe deu cartão verde pra usar. Não deu certo e isso fez com que suas pulseiras apitassem um grande “E1 VIRUS”, denunciando a localização do club para três seres andróginos chamados Mediators.

Desesperados, todo mundo tenta fugir e enquanto um dos agentes especiais confisca as bebidas, outro rapidamente descobre quem cometeu o crime e o terceiro é mostrado com Lesya nas mãos. Kenzell aparece na mesma hora com o amigo e, assim que veem a garota conseguir fugir, ele pega a arma do Mediator na tentativa de ameaçá-lo.

Aaaaaaaand acabou. ¯_(ツ)_/¯

Agora é torcer pra não demorar muito tempo pra que saia logo mais um episódio. QUERO MUITO, parafraseando Jorginho. É ou não uma animação transbordando de potencial?? ლ(´ڡ`ლ)

urbance trailer gif


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários