Justiceiro, da Marvel, vai virar série de TV nas mãos da Fox

Além de Hulk e Jessica Jones, outro herói (ou nesse caso, anti-herói) da Marvel vai ganhar uma série de TV para chamar de sua.

Frank Castle, codinome Justiceiro, já teve três filmes, mal sucedidos diga-se de passagem, e agora vai surgir na telinha americana. E na brasileira também, caso faça sucesso.

A Fox comprou os direitos para a produção da série, e já está querendo produzir o piloto, sob a batuta de Ed Bernero da série Criminal Minds. A idéia é criar uma série com episódios de 1 hora e vai mostrar um Justiceiro com uma história diferente.

Frank Castle é um detetive em ascenção no Departamento de Polícia de Nova York que durante a noite age como o vigilante Justiceiro, procurando por justiça para aqueles com quem o sistema falhou.

A série é a primeira de um personagem da Marvel que será feita FORA do canal ABC, que também faz parte do conglomerado Disney, junto com a Marvel.

Assim, a hipótese de um universo Marvel compartilhado nos cinemas e nas séries de TV ganha cada vez mais força.

Ainda não foi divulgada nenhuma previsão de estréia nem de atores para os papéis principais, mas se lembrarmos que Joe Manganiello queria ser o Justiceiro nos cinemas, ele não vai se incomodar de ser o personagem na TV.

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...