Jonathan Nolan fala sobre Person of Interest

  Leandro de Barros  |    quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Roteirista fala sobre as diferenças entre uma série de TV e um filme, comenta sobre o elenco de Person of Interest e sobre os acontecimentos futuros da série

O roteirista Jonathan Nolan, um dos responsáveis pelos roteiros dos recentes filmes do Batman e criador da série Person of Interest, deu uma entrevista coletiva para promover a volta da série à TV americana após um hiato de fim de ano.

Person of Interest foi premiada ontem no People’s Choice Awards 2012 com o prêmio de Melhor Série Nova de Drama. A série conta com Jim Caviezel e Michael Emerson no elenco principal,  interpretando Reese e Mr. Finch, uma dupla que consegue acessar uma máquina do governo americano que é capaz de prever pessoas que estarão envolvidas em situações violentas, como homicídios ou sequestros. Cabe aos dois tentar evitar essa situação.

Jonathan Nolan começou falando sobre as diferenças entre fazer uma série de TV e um filme de ação. O roteirista comentou que as limitações de uma série de TV, como o tempo de gravação e orçamento, são o que definem a quantidade e a periodicidade de cenas de ação na série: “Nós sempre tentamos conceber toda a nossa ação com o pensamento ‘O que nós podemos filmar que vai parecer fantástico?’, ao invés de tentar fazer o tipo de coisas que conseguimos em um filme. Isso encaixa muito bem com o conceito da série, que é sobre estar lá à tempo. Então, invés de fazer uma perseguição de carros, você faz só o fim da perseguição e corta, porque o nosso cara anda à frente dos acontecimentos, ao invés de filmar uma perseguição que dura uma semana“.

O roteirista também falou sobre como a série vai voltar após o seu hiato. No último episódio transmitido, Reese (personagem de Jim Caviezel) foi baleado e levado ao hospital às pressas: “Bom, nós terminamos com um pequeno cliffhanger, então eu acho que é seguro dizer que, dado à série e à resposta do público ao Jim, ele está vivo. Nós podemos entregar isso. Mas, com essa série, nós gostamos de ter um pouquinho de dano. A gente gosta de imaaginar que esse é o mundo real, com riscos reais, então Reese vai estar se recuperando por um tempo. Isso faz parte do conceito do episódio. É bem divertido, uma espécie de revezamento de papéis”.

Nolan definiu a Detetive Carter (Taraji Henson) como uma evolução do “papel de Tommy Lee Jones em O Fugitivo até o Comissário Gordon“. Enfim, como um policial caçando o herói até um policial que efetivamente trabalha com o herói. Nolan disse que a personagem tinha de se manter vital, mesmo estando um pouco atrasada ou adiantada nos casos da semana. Agora que ela está envolvida na história de Reese e Mr. Finch, “nós temos de evoluir e começar a deixar divertido“.

Por fim, Jonathan Nolan elogiou o seu elenco. Disse que Taraji Henson “é incrível“, definiu Jim Caviezel como um “ser humano incrivelmente caloroso” e elogiou a dinâmica entre os dois protagonistas.

A primeira temporada de Person of Interest volta a ser exibida nos EUA no dia 12 de janeiro.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários