How I Met Your Mother, Glee e Bones chegarão à Netflix em julho

  Luana Gonçalves  |    quarta-feira, 09 de maio de 2012

Serviço de streaming anuncia parceria com a 20th Century Fox para exibir várias temporadas de várias séries na América Latina

Boas notícias para os assinantes brasileiros da Netflix que são fãs de How I Met Your Mother, Glee e Bones: as séries, com suas temporadas passadas e atuais, estarão disponíveis para streaming no site a partir do dia 15 de julho. A 20th Century Fox e a Netflix anunciaram um acordo de licenciamento que disponibilizará vários filmes e seriados para assinantes do serviço residentes no Brasil e na América Latina.

Em um comunicado a imprensa, Jason Ropell, vice-presidente de aquisição de conteúdo do Netflix, comentou sobre a novidade: “Estamos animados para trazer séries como How I Met Your Mother e Glee para os nossos membros na América Latina e no Brasil. Nossa parceria com a 20th Century Fox continua a crescer e beneficiar assinantes por todo o mundo“.

Além de poder acompanhar as histórias incrivelmente divertidas de Ted Mosby e seu grupo de amigos, os casos interessantes (e sempre solucionados) da Dra. Brennan e Agente Booth, e cantar e dançar com os jovens de William McKinley High, os brasileiros também terão acesso à outros seriados. Todas as temporadas de 24 Horas, Arquivo X, Prison Break e Arrested Development estarão igualmente disponíveis em julho. Vale lembrar que, como já mencionamos aqui no site, a nova temporada de Arrested Development voltará sete anos após seu último episódio, em 2013, e será transmitida somente na Netflix dos Estados Unidos. Agora a pergunta é: será que eles vão disponibilizá-la para nós depois de um tempo também?

Netflix é um serviço de streaming de séries, animações, documentários e filmes por assinatura, que chegou no Brasil em setembro de 2011 e é compatível com PCs, Macs, TVs, Xbox 360, Wii, PS3, celulares e muito mais.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários