HBO vai co-produzir minissérie baseada em Morte Súbita, livro de J.K. Rowling

Leandro de Barros

  quarta-feira, 23 de abril de 2014

HBO vai co-produzir minissérie baseada em Morte Súbita, livro de J.K. Rowling

Minissérie The Casua Vacancy terá produção dividida entre BBC e HBO

Morte Subita RowlingO desenvolvimento da minissérie de Morte Súbita, primeiro livro para adultos da escritora J.K. Rowling (Harry Potter), ganhou hoje uma novidade bem interessante.

Como a gente já sabia, a BBC vai produzir a minissérie em três partes, mas o canal britânico não estará sozinho, já que receberá uma ajuda da América através da HBO. Pois é, HBO (Game of Thrones, True Detective, The Sopranos, The Newsroom) e BBC (Sherlock, Doctor Who, a House of Cards original, The Hour) vão se unir para trabalhar nessa adaptação do livro da autora de Harry Potter – como se desse pra aumentar ainda mais o hype em cima desse projeto!

Quando Barry Fairbrother morre inesperadamente aos quarenta e poucos anos, a pequena cidade de Pagford fica em choque. Pagford é, aparentemente, uma maravilhosa cidade inglesa, com uma praça mercantil de paralelepípedos e uma antiga abadia, mas o que está por trás dessa bela fachada é uma cidade em guerra.

Os ricos em guerra com pobres, adolescentes em guerra com os pais, mulheres em guerra com seus maridos, professores em guerra com seus pupilos… Pagford não é o que parece à primeira vista.
O lugar deixado por Barry no conselho municipal logo se torna o início para a maior guerra que a cidade já viu. Quem vai triunfar  em uma eleição repleta de paixão, duplicidade e revelações inesperadas?

O roteiro da minissérie ficará por conta de Sarah Phelps, com Johnny Campbell como diretor dos episódios. The Casual Vacancy começará a ser produzida entre Setembro e Outubro na Inglaterra.

Abaixo, você pode ver nossa adorável Regina Umezaki falando sobre o livro:


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários