George R.R. Martin ri do seu sofrimento com o mais recente episódio de Game of Thrones

Leandro de Barros

  sexta-feira, 07 de junho de 2013

George R.R. Martin ri do seu sofrimento com o mais recente episódio de Game of Thrones

O escritor vai ao programa de Conan O'Brien assistir à reação de pessoas com o Casamento Vermelho

Spoilers abaixo sobre o nono episódio da terceira temporada de Game of Thrones.

Game of Thrones Red Wedding

Se você costuma assistir à Game of Thrones na HBO, deve ter visto o nono episódio da atual temporada, exibido no último domingo. No episódio, ocorre o famoso Casamento Vermelho, um dos eventos mais importantes dos livros d’As Crônicas de Gelo e Fogo, de George R.R. Martin.

O evento é incrivelmente chocante, tanto para os leitores quanto os expectadores que não leram os livros que inspiram Game of Thrones. Tanto é assim que pipocaram vídeos no Youtube com reações de pessoas que não sabiam o que aconteceria no episódio.

Aproveitando o momento, o talk show de Conan O’Brien levou George R.R. Martin para uma entrevista e exibiu alguns desses vídeos, para deleite do escritor – que riu do sofrimento dos fãs. Assista à injúria:

Agora falando sério, deve ser incrível pra um autor ver o público reagindo dessa forma à algo que ele escreveu – principalmente algo que foi escrito há tanto tempo atrás!

Além de assistir à reação dos fãs sobre o Casamento Vermelho, Martin também falou sobre a sua tendência de assassinar personagens nos livros.

Como um leitor, eu sempre gostei de coisas inesperadas. Eu sempre gostei do suspense ser real. Eu quero que meus leitores… sintam medo quando os personagens estão em perigo. Eu quero que eles sintam medo de virar a próxima página, porque o próximo personagem pode não sobreviver“, disse o escritor.

O próximo episódio de Game of Thrones, o último dessa temporada, vai ao ar no Brasil no domingo, pela HBO.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários