Fringe bate recorde negativo de audiência

  Leandro de Barros  |    segunda-feira, 14 de novembro de 2011

A série da FOX, com Anna Torv, John Noble e Joshua Jackson, bate recorde negativo de audiência chegando á míseros 1.1 milhões de telespectadores no último episódio

O TV Line divulgou os índices de audiência dos episódios das séries exibidos na última sexta-feira nos EUA e essas são más notícias para os fãs de Fringe, de J.J. Abrams.

A série, que já tinha a audiência baixa, atingiu o seu patamar mais baixo e ainda cavou mais um pouco: o episódio exibido na última sexta-feira na terra do Tio Sam teve apenas 1.1 milhões de telespectadores. Curiosamente, o episódio foi exibido no dia 11/11/11, então os mais fanáticos vão culpar o sobrenatural pelo ocorrido.

Mais curiosamente ainda, o recorde negativo de audiência anterior da série era de 1.2 milhões de telespectadores, no segundo episódio da atual temporada. O que significa que Fringe vem conseguindo se superar vez após vez nos novos episódios, pena que não do jeito que a gente esperava.

O problema parece claro: Fringe já está na quarta temporada e é uma série muito complexa para o público padrão. Pra se entender o que acontece nos episódios inéditos, é preciso ter assistido as temporadas anteriores e isso exige tempo, esforço e um pouco de boa vontade, o que afasta novos telespectadores. Os antigos, precisam também de tempo e esforço para acompanhar semanalmente a série que, como eu disse, é mais complexa do que as outras e envolve muitos easter eggs e teorias e coisas do tipo. Já dá pra imaginar a causa né?

Infelizmente, essa deve ser mesmo a última temporada da série, embora não haja nada confirmado.

A quarta temporada de Fringe, com Anna Torv (Olivia Dunham), John Noble (Dr. Walter Bishop), Joshua Jackson (Peter Bishop) e grande elenco, passa atualmente na Fox, nos EUA.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários