DC Comics registra o uso da marca Gotham para a televisão

GothamCom a Internet, muita gente começou a ter acesso fácil e rápido à vários bancos de dados de registros de marcas e de domínios na própria Internet. Esse acesso, por sua vez, acabou entregando várias surpresas pela história recente do entretenimento e ainda deverá revelar muitas mais por vir.

Pode ser que uma delas tenha sido descoberta nessa semana.

De acordo com o BleedingCool, a DC Comics registrou a marca Gotham para o uso na televisão. Mais precisamente, para os seguintes usos:

[quote]Serviços de entretenimento de natureza live-action, comédia, drama, animação e/ou programas de realidade; produção de comédia, drama live-action, animação e/ou programas de realidade.

Conteúdo para download live-action, comédia, drama, animação e série de realidade; fitas de áudio, vídeo, video cassetes, discos de audio e vídeo e discos digitais contendo música, comédia, drama, ação, aventura e/ou animação[/quote]

Muita coisa, né? O que isso significa exatamente? Bom, lembram daquele rumor de uma série de TV da polícia de Gotham? Ou outros rumores menos consistentes, como uma série de TV da Arlequina ou de Gotham pré-Batman? Pois bem, agora elas podem se chamar “Gotham”, pura e simplesmente.

Não só essas séries live-action, mas também qualquer animação, comédia, blablabla, que a DC queira fazer para a televisão baseada na cidade mais chuvosa da ficção.

Seja como for, vem coisa por aí.

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...