BBC One confirma Especial de Natal e quarta temporada de Sherlock para 2015

Eder Augusto de Barros
edaummm

  quarta-feira, 02 de julho de 2014

BBC One confirma Especial de Natal e quarta temporada de Sherlock para 2015

Segundo o Dr. Watson, a série só deve voltar no fim de 2015, com um possível Especial de Natal.

#ATUALIZADO:

Depois das declarações de Martin Freeman ao The Telegraph, a BBC One confirmou no em uma série de tweets que a série retorna no Natal de 2015 com um especial para comemorar a data e mais três episódios como de costume. Em um dos tweets eles ainda utilizam uma imagem do Moriarty aguçando ainda mais os fãs. Eis o que eles disseram:

Sentiu minha falta?’ Sherlock, a grande série da BBC One, voltara para um Especial, seguido de uma nova temporada de três episódios. Depois do mais curto dos hiatos, Sherlock voltará para encarar um dos maiores mistérios até agora… porquê o rosto de Moriarty está sendo transmitido em todas as televisões do Reino Unido? As filmagens do Especial de Natal começam em janeiro de 2015, com a série ficando para mais tarde no ano que vem. Estamos prontos para a mais chocante e surpreendente temporada da série até agora. A única coisa a se esperar é o inesperável… O jogo começou – de novo!

 


Em entrevista ao The Telegraph, Martin Freeman (O Hobbit) que dá vida ao Dr. Watson, companheiro de Sherlock Holmes, disse que a série deve voltar no ano que vem e com um especial de Natal.

O que eu entendi é que seria para 2015, para o Natal do ano que vem. É muito provável que as filmagens comecem no início do ano.

A terceira temporada de Sherlock foi exibida esse ano pela BBC e já está disponível no Netflix, assim como as duas primeiras.

Martin Freeman estará em O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos este ano, e esteve na série Fargo do canal à cabo americano FX que terminou sua temporada este mês.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários