A FOX encomendou temporadas completas de Lucifer, Minority Report e outras três séries

Continuando a safra de novas encomendas para a temporada de 2015/2016 é a vez da FOX anunciar algumas de suas encomendas para os próximos meses. O canal que tem como marcas desse Upfront a renovação de Gotham e o cancelamento de The Following com Kevin Bacon acabou por encomendar mais quatro dramas e uma comédia.

The-Grinder
The Grinder

Começando pelo que te faz rir e deixando o que faz chorar para o fim temos The Grinder, a única comédia do lote. O seriado que será estrelado por Rob Lowe de Parks and Recreation conta a história de seu personagem, Dan Sanderson, um advogado que protagoniza um programa de televisão que leva o nome da série. O programa chega ao fim e ele resolve largar a vida artística e volta para sua pequena cidade-natal para assumir a firma de advocacia da família e acaba por arrumar briga com seu irmão.

Minority-Report
Megan Good e Stark Sands em Minority Report

Dentre os dramas a principal encomenda da FOX deve ser mesmo Minority Report, baseada no filme de 2002 estrelado por Tom Cruise e dirigido por Steven Spielberg. O seriado escalou seu elenco há poucas semanas atrás, e os protagonistas serão vividos por Stark Sands e Meagan Good. O plot do seriado se passa 10 após após os eventos do longa e segue um dos 3 Precogs (humanos com habilidades premonitórias) que são capazes de prever crimes antes mesmo que eles aconteçam. O protagonista tenta levar uma vida “normal”, mas é atormentado por visões do futuro e passa a encontrar um propósito na vida quando conhece um detetive que pode utilizar seus dons.

Lucifer, baseada nos quadrinhos da DC Comics/Vertigo é outra série que recebeu sinal verde do canal para uma temporada completa. A série vai mostrar que Lúcifer está entendiado comandando o inferno e vai pedir demissão para viver em Los Angeles e ajudar a polícia a punir criminosos. Lúcifer é mais conhecido pelas suas aparições em Sandman sob batuta de Neil Gaiman, mas o personagem ganhou uma série própria com 75 capítulos entre 2000 e 2006 escrita por Mike Carey.

Lucifer
Lucifer vivido por Tom Ellis (Rush)

The Frankenstein Code é um dos outros dramas que o canal encomendou. A série tem produção de Howard Gordon, criador de Homeland. No seriado vamos acompanhar Jimmy Pritchard, um policial aposentado e corrupto que recebe uma segunda chance na vida quando volta dos mortos. Jummy está agora mais jovem e mais forte e terá de lutar contra os velhos hábitos e tentações, e tentar seguir o seu novo senso.

A última encomenda do canal é o drama médico Rosewood onde vamos acompanhar a história do Dr. Beaumont Rosewood Jr. vivido por Morris Chestnut (Nurse Jackie), que é um dos mais famosos patologistas de Miami. Ele é dono de um dos maiores laboratórios do país e graças a isso consegue desvendar segredos das doenças que pouca gente consegue. Dr. Rosewood é obcecado pela vida e por viver cada momento dela e seu grande otimismo vai frustar a detetive que muitas vezes trabalha com ele.

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...