Review | True Blood 5×02: “Authority Always Wins”

  Jéssica Pagliai  |    terça-feira, 26 de junho de 2012

E nesse episódio, temos a grande honra de conhecer a Autoridade Vampírica...

Review | True Blood 5x02: “Authority Always Wins”

Começamos por ver o resultado da transformação de Tara… Pois Pam, com toda sua delicadeza que é peculiar já havia avisado que como ela já estava com os miolos esparramados pela cozinha, corria o risco da transformação não acontecer ou então acordar com problemas. Mas para a surpresa de todos, ela desperta! Não apenas se torna incrivelmente destrutiva e fora de controle mas também, e fora essas caracteristicas vampíricas, Tara está absolutamente vulnerável cheia de dor e raiva por ter se tornado a criatura que mais odeia e ainda tendo com criadora, quem menos gosta… Então esse será um grande e novo desafio para Sookie e Lafayette: tentar estabelecer contato pacifico com a mais nova vampira de True Blood, principalmente depois dela dizer que nunca irá perdoá-los por te-la transformado.

Mas apesar disso, tenho certeza que iremo gostar muito mais de Tara nessas condições uma vez que seu personagem é muito bom mas havia se apagado um pouco durante as temporada passadas e claro, no mínimo engraçado Pam lidando com sua criação!

E falando em Pam, coitadinha ela está mesmo sentindo falta de seu amado criador… E ainda, pela primeira vez a vemos como mortal e o seu primeiro encontro com Eric, que por sua vez está muito encrencado resolvendo suas pendencias com a Autoridade Vampirica que foi uma das melhores partes do episódio!

Combinando politica e religião, a Autoridade é um grupo irregular e cruel de vampiros. Começam por um longo interrogatório onde os “heróis” vampiros são torturados com um aparelho elétricos ligados diretamente a suas veias, onde é injetato prata pura liquida. Ali também nos é revelado um lado religioso bem mais intenso que propriamente o politico, uma vez que os dois eram mantidos por dois calmos vigilantes um deles inclusive você já o viu como o demônio Alastair em Supernatural ou então o vampiro do clã Volture em Lua Nova e eram questionados pela Biblia Vampira.

Apos vários momentos ameaçadores, Roman conhecido como o Guardian e o resto da Autoridade julgam Bill e Eric como sendo considerados culpados e Sanguinarian, coisa que não pode ser tolerada e então são condenados a morte verdadeira. Nisso, e depoi de um raciocínio rápido, Bill menciona o retorno do anarquista Russell Edgington e pede para mantê-lo vivo junto de Eric, para então poderem capturar o vampiro, pedido então aceito. E então, acabamos por ver Russell se recuperando e quem certamente será a trama principal da temporada.

Não sei vocês, mas estou realmente surpresa com a repentina mudança de Terry, desde que seu amigo dos tempo do exercito voltou para assobrá-lo, com seu passado na guerra. Será que  Rene tinha mesmo razão ao avisar Arlene na temporada passada que Terry é perigoso? Ou será que ele também esteve envolvido com alguma criatura sobrenatural no Iraque? Pois é, isso ainda só o tempo dirá…

E Steve Newlin está totalmente transformado! O ex-anti vampiro, agora que esta é sua condição mudou totalmente de tom sobre os direitos dos vampiros e sua capacidade de integração com o humanos. Surgindo inclusive na Tv, motrando a todos essa mudança “gloriosa”. Ele está tão empenhado na missão de conquistar Jason, que decide ir até Jessica durante uma de suas festas no palácio do rei de Louisiana faze-la uma proposta irrecusável: pagar $10mil em troca para possuir seu amado. Jess ainda o provoca, dizendo os atributos do Stackhouse, que na realidade não passava de um bleff já que ela está absolutamente empenhada na proteção de Jason…  

Dancinha Steve Newlin, rumo à vitória!


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários