Review | Suits 2×09: “Asterisk”

  Luana Gonçalves  |    segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Louis tem o poder de decidir quem ficará à frente de Pearson Hardman e os dois lados da briga farão de tudo para conseguir seu voto

Falta pouco tempo para a votação de quem será a pessoa mais importante da firma e, assim como uma campanha eleitoral, já é possível prever a quantidade de votos que cada sócio deve conseguir. Só que tem um advogado que ainda não sabe de que lado está e provavelmente será o voto decisivo na competição entre Jessica Pearson e Daniel Hardman. E, infelizmente, esse advogado é o sempre incerto Louis Litt.

Não achei “Asterisk” um episódio tão bom quanto os outros da temporada, pois ele prolongou esse drama com o Louis por muito tempo. Poderia até ter sido a intenção dos escritores de fazer um episódio focado na situação de que Louis seria o voto decisivo, logo ele, o indeciso que não sabe onde se encaixa e está sempre em cima do muro. Uma hora quer agradar Jessica e na outra já está de armação com o Hardman. Isso me deixa um pouco com raiva, pois o personagem de Louis é inteligente, ele sabe quem é o certo na situação, mas está tão cego de ressentimentos, ciúmes e inveja de Harvey que acaba fazendo más escolhas. E o fato de que Hardman o nomeou sócio-sênior só piorou as coisas.

Harvey foi outro que agiu mal ao tentar trazer Louis ao time Pearson, de uma forma nada sutil e bem cara-de-pau, chamando-o para jantar e utilizando esse desejo que o outro advogado tem de ser amigo de Harvey a seu favor. E já que estamos nesse assunto, a cena em que Harvey pega Louis falando no Skype com seus pais (que, vejam só, são os pais verdadeiros do ator Rick Hoffman) e eles dizem que querem conhecer “o seu melhor amigo Harvey Specter” era para ser engraçada, mas só me deixou com peninha do Louis.

Mas em matéria de tristeza, nada bate a cena em que Rachel dá a terrível notícia de que a avó de Mike tinha falecido. Repararam que essa cena foi espelhada na cena em que Donna deu a notícia da morte do pai do Harvey no episódio anterior? E Harvey tinha esquecido de ligar de volta para seu pai, enquanto Mike tinha cancelado o jantar com sua avó uma noite antes também. E ele havia acabado de comprar uma casa para ela em Manhattan, iria tirá-la da casa de repouso, contratar uma enfermeira para cuidar dela em tempo integral e tudo mais. Poxa, vou sentir saudades da Grammy, ela era uma senhorinha bem esperta e divertida. Talvez seja esse o motivo de eu não ter gostado tanto desse episódio, mas levando tudo em consideração, “Asterisk” foi um bom episódio e aumentou nossas expectativas para o próximo, que será o último do ano. Afinal de contas, em quem Louis votará?


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários