Review | Person of Interest 1×21: “Many Happy Returns”

  Leandro de Barros  |    domingo, 06 de maio de 2012

"When you find that one person who connects you to the world, you become someone different..someone better. When that person is taken from you, what do you become then?" - John Reese

Passado do Reese, muita ação e Person of Interest fica melhor a cada episódio.

Spoilers abaixo.

Que episódio fantástico!

Nada melhor para coroar o passado do lobo solitário John Reese (Jim Caviezel) do que um episódio poderoso, dramático e emocional como esse. É difícil fazer uma review de um episódio tão perto da perfeição como foi Many Happy Returns.

Desde o primeiro episódio da série, nós imaginamos o passado de John Resse e de Mr. Finch (Michael Emerson). O piloto foi capaz de criar esse suspense sobre os dois protagonistas e nos fazer aguardar por dicas do que aconteceu com cada um deles. É por isso que, quando a revelação dos acontecimentos que levaram John Reese a viver como um mendigo nos é dada, o espectador acaba criando uma ligação muito maior com o personagem. O suspense, estendido por tanto tempo e revelado de maneira tão emocionalmente poderosa, modificou a maneira como se via o personagem. É impossível o espectador sair de Many Happy Returns da mesma maneira como entrou, pelo menos em relação à Reese. E, pelo menos pra mim, eu sai com uma idéia muito melhor do personagem do que quando entrei.

Antes de falar sobre a trama do episódio e tudo mais, quero ressaltar a qualidade da edição, roteiro e da direção de Many Happy Returns. Os senhores Erik Mountain, Jonathan Nolan (história e roteiro) e Fred Toye (direção) mandaram muito bem nesse episódio. Uma coisa que me cativou em particular foi a junção dos principais temas e linhas de acontecimentos do episódio. Eu simplesmente adorei a maneira como os flashbacks se intercalaram contando a história do abuso sofrido por Jessica Arndt (namorada do Reese), a busca do protagonista por vingança/respostas/consolo, Carter (Taraji Henson) descobrindo a verdade sobre a morte do marido de Jessica e o caso de Sarah Jennings.

Aproveito a deixa para falar então sobre o caso da semana. Sarah Jennings era uma adorável esposa que sofria abuso do marido cafajeste, safado e sem vergonha. Até que decidiu fugir. A partir daí, ela sempre se mudou de lá pra cá e daqui pra lá, fugindo do marido, que é um policial federal nos EUA. Quando a Máquina entrega o número do CPF dela para Mr. Finch, ele imediatamente tira o Reese do caso da semana. Por quê? Bem…

A Máquina detecta pessoas que planejam cometer um assassinato/sequestro ou pessoas que são prováveis vítimas desses crimes. Uma pessoa que é casada com alguém que age de maneira abusiva e violenta, está em constante risco. Logo, o número deve aparecer várias vezes na Máquina.

Quando Mr. Finch notou que o número do CPF de Sarah Jennings era um desses números de presença constante, ele sacou o porque: a mulher provavelmente era vítima do marido. E quem mais era assim? Como descobrimos no fim do episódio, Jessica Arndt também tinha o CPF sempre surgindo. Assim como Reese, Mr. Finch não conseguiu fazer nada que pudesse evitar o fim da jovem mulher.

Bem, mesmo tentando afastar Reese do caso, o Jesus-Batman-Conde-do-Monte-Cristo acaba se metendo no meio da confusão que reviveu a sua chama de justiceiro. Reese entrando no meio de uma delegacia cheia de policiais federais e dando uma prensa no marido safado da Sarah foi fenomenal. Jim Caviezel mostrou que é um ator sensacional ao emanar a raiva do personagem com poucos gestos. Ele não precisou gritar, espernear, nada disso. Apenas o olhar e a maneira de andar na cena já mostrou a raiva que o personagem tava sentindo no momento. Coisa de quem é fera.

Aliás, o elenco de Person of Interest vem se portando muito bem nessa temporada. Já chegamos no 21º episódio da série, estamos a dois episódios do finale, e é incrível ver como cada ator já domou e se vê a vontade no seu papel.

Se você gostou desse episódio, espere pois o próximo promete ser muito bom também. Será focado no Mr. Finch, provavelmente no passado dele, assim como esse foi de Reese.

http://www.youtube.com/watch?v=SAbduhHhK1s

Episódios anteriores


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários