Review | Game of Thrones 2×05: “The Ghost of Harrenhal”

  Leandro de Barros  |    quarta-feira, 02 de maio de 2012

Regicídio, traição, fogovivo, dragões e selvagens. Esse é o quinto episódio da segunda temporada de Game of Thrones

Sou o Fantasma de Harrenhal. E, naquela noite, havia um nome a menos para odiar” – STARK, Arya.

Spoilers abaixo.

Abri a review de hoje com uma frase presente em A Fúria dos Reis que não esteve nesse quinto episódio da segunda temporada de Game of Thrones, mas que eu realmente espero que esteja no próximo. Primeiro, porque é uma frase de efeito bem legal. Segundo, porque explicaria o título do episódio, que ficou sem explicação.

Mas vamos começar do começo.

No último episódio, ficamos com cara de “wat” quando Melisandre pariu uma sombra muito bizarra na frente de Davos Seaworth, o Cavaleiro das Cebolas.

Logo nos primeiros minutos de The Ghost of Harrenhal, a sombra já mostrou a que veio: passou a lâmina (feita de sombras?) no jovem Rei Renly Baratheon, quando o rapaz estava sozinho com Catelyn Stark e Brienne. Acho que o episódio ainda não tinha 5 minutos de duração e um Rei já foi para a Terra dos Pés Juntos. E o pior: ele tinha feito uma aliança com os Stark. Desde que Robb Stark mantivesse com Renly uma amizade como a de Ned Stark e Robert Baratheon, os dois lutariam juntos na Guerra dos Cinco Reis. Um detalhe curioso aqui: na primeira temporada, foi dito que a guerra que colocou Robert Baratheon no poder aconteceu há 17 anos atrás. Nesse episódio, Renly disse que foi há 18 anos atrás. Portanto, já se passou um ano do início da primeira temporada.

Renly bateu as botas e suas duas viúvas (tum dum psst) choraram em seu velório. Margaery e Loras Tyrell protagonizaram uma interessante cena ao lado de Mindinho. O escorregadio Mestre da Moeda de Porto Real e cafetão nas horas vagas convenceu os dois irmãos à fugirem de Stannis Baratheon. Segundo ele, todos os vassalos de Renly iriam se juntar à Stannis assim que o último Baratheon (de verdade) vivo chegasse ao local (o que aconteceu mesmo). O detalhe que pode ter escapado à muita gente é que os Tyrell são uma das casas mais poderosas de Westeros, com um exército muito extenso. Com os Tyrell sem servir à Renly e fugindo de Stannis, onde eles irão pousar? Ficarão do lado de Robb Stark? Ficarão com Balon Greyjoy? Ou virarão e correrão para os Lannisters, com o Rei Joffrey?

Enquanto isso, Brienne jurou lealdade à matriarca Stark desde que ela não impeça que Brienne vingue Renly quando encontrar com Stannis. Um perigo essa Brienne.

Nas Ilhas de Ferro, Theon Greyjoy se prepara para partir com sua tripulação para assaltar algumas vilas sem importância, um papel bem pequeno na guerra do pai. O que Theon não sabia é que as coisas funcionam de maneira diferente nas Ilhas de Ferro. Enquanto em Westeros o que alguém de posição elevada fala é lei, nas Ilhas de Ferro, um comandante tem de fazer valer a obediência dos seus vassalos. A tripulação de Theon só vai obedecê-lo se ele provar seu valor. Por isso, Theon decide navegar para tomar a Praça Torrhen, perto de Winterfell. Acredito que ele tenha sido bem sucedido, já que um dos vassalos do Norte aparece em Winterfell pedindo alguns homens à Bran Stark para poder proteger o local. Agora, para bom atirador, uma ponta de flecha é o suficiente. Theon deu a entender que quer atacar a Praça Torrhen para atrair os soldados de Winterfell para lá, deixando o castelo desprotegido, certo? Aparentemente, deu certo. Bran continua tendo aqueles sonhos bizarros e disse que sonhou com o mar invadindo Winterfell. Theon é um Greyjoy, que tem o símbolo de uma lula gigante que vive no mar. Dois mais dois são quatro… Theon irá invadir Winterfell?

Enquanto isso, em Porto Real, o anão Tyrion mantém sua doutrinação incrível. Porém, só a gente pensa assim, já que o povo da cidade considera o anão o culpado pela pobreza que aflinge Porto Real. Até o chamaram de macaco demoníaco, veja só. O povo acha que Tyrion é quem comanda o Rei Joffrey, aquele amor de menino, por isso que a situação está assim tão mal. Para piorar, Tyrion descobre um segredo de Cersei: a Rainha mandou os alquimistas da cidade preparar muito, muito fogovivo. Fogovivo é uma substância que queima tudo que encontra pela frente: aço, pedra, terra e, claro, gente. Pelo que vimos no episódio, os Lannisters tem em seu poder muito fogovivo. Novamente, somando 2+2, prevejo que vai dar merda.

Além da Muralha, pouca coisa aconteceu de verdade. A Patrulha da Noite chegou à um pequeno monte, com localização bem estratégica. Qhorin Meia-Mão e sua trupe se uniram à eles com péssimas notícias: Mance Ryder, um ex-patrulheiro, está reunindo todos os selvagens e criaturas da região para um ataque aos Sete Reinos. Não dá para toda a Patrulha do Norte ir até lá, já que existem alguns sentinelas selvagens pelo caminho. Por isso, um pequeno grupo foi destacado para avançar de maneira silenciosa. Claro que o nosso bastardinho Jon Snow está no meio.

Já em Qarth, a bela Daenerys, Mãe dos Dragões, começa a usufruir da “bondade” de Xaros Xhoan Daxos, o homem com o nome mais bonito da série. Xaros prometeu à Daenerys metade de toda a riqueza que tem, o que, segundo ele, deve dar para comprar navios, exércitos e coisa e tal para que Daenerys possa invadir Westeros. Em troca, Xaros quer um dos dragões de Daenerys. Como ousa?

Falando em dragões, um deles já cospe fogo e cozinha a própria carne. Gracinha. Ah, não posso deixar de citar aquele ser bizarro que fez aquele truque maroto na frente de Daenerys, citando uma tal de Casa dos Imortais. Existem muitas coisas estranhas além de Westeros…

Para terminar, a situação política dos Sete Reinos: existem 4 Reis em ativa ainda. Robb Stark domina o Norte; Joffrey Lannister Baratheon domina Porto Real e o sul,;Stannis Baratheon domina a Pedra do Dragão e agora possui todo o exército de Renly Baratheon, exceto os Tyrell; e Balon Greyjoy domina as Ilhas de Ferro.

Os próximos combates devem colocar Greyjoy e Stark frente à frente, já que Theon pretende invadir Winterfell; e Stannis e Joffrey frente à frente, já que Stannis expressou seu desejo de invadir Porto Real.

Promo do próximo episódio:

http://www.youtube.com/watch?v=qFufrDVNGhg

Episódios Anteriores


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários