Moff Tarkin pode ser recriado com computação gráfica em Star Wars – Rogue One
Jéssica Pagliai

Jéssica Pagliai
jessica.pagliai

  segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Moff Tarkin pode ser recriado com computação gráfica em Star Wars – Rogue One

O personagem de Peter Cushing é um dos responsáveis pela construção da Estrela da Morte.

Segundo o Daily Mail, Star Wars – Rogue One que é o primeiro longa derivado da saga principal, poderá ter de volta um personagem icônico. Peter Cushing o ator que interpretou Grand Moff Tarkin, faleceu em 1994 e a produção do filme poderá recriar o personagem por meio de computação gráfica.

Lembrando que George Lucas, o criador da franquia, já havia recriado Cushing em Star Wars: Episódio III – A Vingança dos Sith com Wayne Pygram, que alem de muito parecidos usaram técnicas de maquiagem, de acordo com a publicação, os técnicos de efeitos visuais responsáveis pelo longa já estariam estudando profundamente as feições e movimentos do ator para então conseguirem o produzir da forma mais real possível. A fonte que deu as informações ao site disse inclusive que essa será uma das reconstruções mais complexas já realizadas.

Apesar de trabalhosa a participação de Tarkin fará sentido, já que ele é um dos responsáveis pela construção da Estrela da Morte Rouge One, na tentativa dos Rebeldes roubarem os planos do Império sobre a Estrela.

Os planos da Disney para a franquia iniciada por George Lucas em 1977 são de lançar um filme por ano intercalando os da cronologia principal (Episódios VII, VIII e IX) com spin-offs focados em personagens. O primeiro spin-off terá Felicity Jones (A Teoria de Tudo) como protagonista do longa.

As filmagens de Star Wars – Rogue One já estão acontecendo e o longa está programado para estrear em 16 de Dezembro de 2016.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários