Filme da Liga da Justiça Sombria participará do Universo Compartilhado da DC nos cinemas!

Leandro de Barros

  quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Filme da Liga da Justiça Sombria participará do Universo Compartilhado da DC nos cinemas!

Guillermo del Toro afirma que a produção do filme terá de se encaixar nos planos da DC e da Warner

Justice League of Dark

Durante o Festival Di Roma 2013, o cineastas Guillermo del Toro (Batalha do Pacífico) comentou sobre o desenvolvimento do filme da Liga da Justiça Sombria em entrevista ao site italiano Cinefilos.

Na conversa, del Toro garantiu que o filme continua em desenvolvimento e que, no momento, o roteiro do projeto está sendo escrito, mas foi uma outra informação dada por ele que chamou a atenção.

De acordo com o cineasta, o longa fará parte do Universo Compartilhado da DC nos cinemas – algo que a gente não sabia muito bem que existia.

A Warner Bros. está fazendo planos para o Universo DC inteiro, todos os super-heróis e todas as mitologias, e a Liga da Justiça Sombria é parte disso. Eles estão fazendo planos para a TV, cinema, todas as mídias, então nós temos de encaixar nesse plano

Parece claro que ele está falando do mesmo universo dos filmes O Homem de Aço e Batman vs. Superman, já que esses são as únicas incidências de personagens da DC compartilhando um mesmo universo.

A parte onde a Warner está incluindo a TV na brincadeira também é interessante, já que coloca um pouco mais de lenha na fogueira da questão da participação do Arqueiro Verde (Stephen Amell) e do Flash (Grant Gustin) de Arrow nos próximos filmes da Warner – isso sem mencionar os outros heróis da DC que vão ganhar séries de TV.

O filme da Liga da Justiça Sombria mostrará John Constantine numa missão de reunir um grupo de personagens da parte mais sobrenatural do Universo DC para combater uma ameaça em conjunto. O longa ainda não tem data para estrear.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários