#changedestiny: Campanha empodera mulheres que escolhem viver solteiras na China

Eder Augusto de Barros
edaummm

  quarta-feira, 27 de abril de 2016

#changedestiny: Campanha empodera mulheres que escolhem viver solteiras na China

"Nós somos solteira, mas não somos sobras"

A sociedade chinesa é feita em cima de várias crenças e mitos populares e um deles vem gerando alguma revolta pelo mundo. Na China acredita-se que as mulheres solteiras são incompletas, quando uma garota chinesa chega na casa dos 25 anos e ainda não tem um marido, ou um pretendente que seja, elas começam a ser julgadas pelo restante da sociedade. Até mesmo dentro de casa essas mulheres são alvo de julgamento pelos seus familiares e perdem voz ativa em qualquer coisa que seja. Parece que não ter uma marido é como ser um zero do lado esquerdo.

Está tão impregnado na sociedade que existe até uma nomenclatura para essas mulheres, Sheng Nu. Mulher Sobra.

Um mini-documentário foi produzido pela Sephora para empoderar essas mulheres e para o mundo ver o que acontece e como essas garotas se sentem. A campanha foi feita para divulgar a linha de maquiagem SK-II.

O vídeo foi legendado pela página Empodere Duas Mulheres e a campanha utiliza o slogan “Não deixe que a pressão interfira no seu futuro“.

A situação é tão preocupante que o filme mostra o pai de uma das garotas dizendo que sua filha ainda não casou porque é feia. Na China existe todo um mercado com o objetivo de casar essas mulheres que eles chamam de “sobras”. A sociedade não entende que essas garotas estão bem como estão, são felizes, e completas. E esse é o objetivo do documentário, mostrar para a família das garotas entrevistas, e sobretudo, para as pessoas como um todo, que essas mulheres estão felizes como elas querem estar, que não precisam de cumprir tabela só para eliminar certos rótulos. Uma das mulheres diz “Sou confiante. Sou independente. Eu amo a vida. Sou uma mulher excepcional e incrível.”

Key_Images_00093351


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários