Vem aí o Lollapalooza 2013!

Matheus Pessôa

  sábado, 09 de março de 2013

Vem aí o Lollapalooza 2013!

Um dos maiores eventos musicais do ano no Brasil vai acontecer em três semanas... Leia aqui sobre as bandas que tocarão lá!

Olá! Toda semana, como vocês sabem, o Supernovo traz uma dica de alguma coisa maneira para agitar o seu fim de semana, na Sofazão. Contudo, nas últimas semanas eu não pude dar dicas de filmes e etc (desculpem-me!). MAS, esta semana trago uma matéria que ia ser publicada na Supermag #6, mas como sabemos, ela está em coma por enquanto. Portanto, chegue mais e leia sobre o Lollapalooza 2013, que promete ser MUITO maneiro!

Lollapalooza 2013

O Lollapalooza está chegando… Está chegando! E, no finzinho do mês de março, várias bandas conhecidas no cenário mundial se apresentarão no Jockey Club para a alegria de todos. Está por dentro das bandas? Não? Pois bem, o Supernovo vai falar sobre algumas dessas bandas aqui e agora. Preste atenção, se ligue e prepare sua caixa de som!

O Festival

O Lollapalooza Brasil 2013 vai acontecer nos dias 29, 30 e 31 de março, no Jockey Club, na grande São Paulo. Ano passado, aconteceu a primeira passagem do festival no Brasil,  que fez um sucesso estrondoso e lotou o clube com 70 mil pessoas que foram assistir os headliners Foo Fighters e Arctic Monkeys nas noites de 7 e 8 de abril.

Devido ao grande sucesso, esse ano a organização confirmou a passagem do Lolla de novo no Brasil e , além disso, mais um dia repleto de atrações. Os headliners da vez são: The Killers, The Black Keys e Pearl Jam, que se apresentarão respectivamente na sexta, sábado e domingo.

Vamos falar um pouco dessas três bandas, então, e depois sobre as demais bandas que estarão no Lollapalooza Brasil 2013.

 The Black Keys

 

‘Dupla de indie rock nativa de Akron, Oklahoma, os musicos Dan Auerbach e Patrick Carney lançaram seu álbum de estréia, The Big Come Up, em 2002, seguido por Thickfreakness (2003) e Rubber Factory (2004). Em 2006, eles assinaram com a gravadora Nonesuch Records, e lançaram seu quarto álbum, Magic Potion, que foi seguido pelo aclamado álbum produzido por Danger Mouse, Attack & Release, em 2008. El Camino é o primeiro álbum lançado mundialmente pelo Black Keys.’ – Lollapalooza

Se eu pudesse citar um estilo ao qual o Black Keys se encaixa (além do indie rock alternativo, é claro), eu citaria o blues. Sim, o blues. Muitos podem chiar com tal conclusão, mas as músicas cantadas por Dan Auerbach dão aquela sensação meio clássica mas de uma forma bem mais agitada em algumas composições; Mas se eu quisesse comparar a dupla com qualquer outra no cenário mundial, neste momento eu não conseguiria. Simplesmente porque a sintonia que só a bateria de Patrick Carney já transmite te faz pensar que a banda é diferente das outras.

OK, você pode não ser um grande fã do Black Keys, mas não se pode negar que são grandes músicos compondo grandes músicas que fazem bastante sucesso, e não é à toa. As músicas de um mesmo CD, como El Camino, o mais recente, podem ter- talvez- uma mínima semelhança se você comparar umas quatro ou cinco faixas, mas a diferença não se dá somente em alguns momentos, mas em cada uma delas aparece um solo diferente, um instrumento novo, um efeito sonoro maneiro que te prende… São muitas qualidades.

O Black Keys é simplesmente um grupo extraordinário. No caso, isso condiz com a afirmação anterior, de que era diferente das outras bandas. Não são somente os efeitos que fazem a música do grupo ser de uma enorme qualidade; é o ritmo cadenciado das canções que ficarão na sua cabeça sem dúvida nenhuma. OK, vou parar de descrever o estilo deles antes que fique repetitivo demais.

Ouça Gold On the Ceiling, do album El Camino. Baixe a música no iTunes, coloque um fone de ouvido, ponha num volume adequado, nem muito alto, nem muito baixo, e aperte o play. Depois que a música acabar, ouça Little Black Submarines. Depois, ouça essas duas músicas em sequência e diga-me o que achou. No disco dos caras, essa magnificência já é bastante perceptível, visto que as músicas se encaixam TÃO bem umas com as outras. Depois disso, ouça Next Girl, Howlin For You e Tighten Up nessa ordem, no mesmo volume, mesmo esquema. Sem esquecer, é claro, da famosa Lonely Boy. Ou só clique em cima dos links (XD).

E vale lembrar que a banda acaba de ganhar 4 Grammy Awards, como melhor performance de Rock, melhor música de rock (Lonely Boy), melhor álbum (El Camino) e de melhor produção, prêmio de Dan Auerbach que é vocalista e guitarrista da banda. Numa noite só. Isso não é pouco.

Se gostou, corra atrás dos álbuns do Black Keys!

The Killers

‘The Killers é uma banda norte americana de indie rock formada no ano de 2002 em Las Vegas. É composta por Brandon Flowers (vocais e sintetizador), Dave Keuning (guitarra e vocal de apoio), Ronnie Vannucci (bateria) e Mark Stoermer (baixo e vocal de apoio). Seu primeiro álbum, Hot Fuss, foi lançado em 15 de junho de 2004, obtendo ótimas críticas e grande reconhecimento junto ao público, em grande parte devido aos sucessos “Somebody Told Me” e “Mr. Brightside” e à sonoridade dançante dos anos 80, oriunda dos sons sintéticos das canções. O segundo álbum do grupo, Sam’s Town, foi lançado em 3 de outubro de 2006, e marcou uma considerável mudança no estilo da banda, tanto em relação à música, que apresentou influências mais roqueiras, como Bruce Springsteen, quanto ao estilo de se vestir, que tornou-se mais “agressivo”, mais compatível com a sonoridade extremamente americana que caracteriza Sam’s Town. Em 2009, eles lançaram o álbum Day & Age, que foi sucesso de crítica e pública. Em 2012, após um periodo parados, o The Killers anúnciou seu quarto álbum de estúdio, intitulado Battle Born. Em meados de 2012, a banda já havia vendido mais de 6 milhões de cópias apenas nos Estados Unidos, mais 5 milhões no Reino Unido, totalizando mais de 15 milhões de cópias pelo mundo’.- Lollapalooza

The Killers é uma banda relativamente nova, mas que têm feito bastante barulho pelo mundo devido aos seus grandes sucessos num espaço de tempo relativamente curto; No caso de muitos, isso pode significar algo muito ruim. O sucesso pode subir à cabeça dos integrantes e causar um profundo afundamento na carreira da banda. Mas com The Killers, esse sucesso fez muito bem. A banda em si amadureceu muito nesses 9 anos de estrada.

Os méritos da banda estão mais no fato de que eles nunca deixaram de fazer sucesso, nunca tiveram um perído de ‘decadência total’. Sim, houve aquela parada em 2009, mas isso serviu apenas como descanso para os anos agitados que viriam a seguir com a gravação do novo álbum, por exemplo.

Você com certeza ABSOLUTA já ouviu ao menos uma música do The Killers. Se acha que não, clique play:

Pearl Jam

‘Em 1991, o álbum de estréia do Pearl Jam, Ten, catapultou a pouco conhecida banda de Seattle para o estrelato. Nove álbuns de estúdio, centenas de performances ao vivo e de lançamentos oficiais de gravações ao vivo depois, a banda continua a ser aclamada pela crítica e comercialmente bem-sucedida, tendo mais de 60 milhões de álbuns vendidos em todo o mundo.

Nos últimos 20 anos, a banda manteve-se uma grande força no rock and roll, tanto por sua lealdade com seus princípios sociais e políticos quanto por seu sucesso incontestável e um rol de álbuns nos topos das paradas.

Em 2011, a banda comemorou seu aniversário de 20 anos com um fim de semana em Alpine Valley, no Winsconsin e com uma tour realizada na sequencia por Canadá, América do Sul, América Central e México. A banda também lançou o filme “Pearl Jam Twenty” juntamente com um livro de acompanhamento e trilha sonora, como parte da celebração do aniversário’.

O Pearl Jam é a banda mais conhecida que vai tocar no Lollapalooza deste ano; Liderada por Eddie Vedder, foi um dos grandes destaques da década de 90, que em seu início tinha o Nirvana como mainstream. Mas mesmo assim, o Pearl Jam conseguiu seu espaço com o decorrer do tempo, mas muito rapidamente. Tem foi um enorme sucesso pelo mundo todo e colocou a banda  no topo das paradas. Lidar com o grande sucesso foi uma tarefa árdua, mas eles conseguiram.

O estilo das músicas lembra muito os anos 70 mas com uma batida bem diferente, assim como a sonoridade, em parte devido à guitarra solo de Mike McCready, que teve influências em Jimmy Hendrix.

É  grande candidato para ser o melhor show do Lollapalooza 2013, e fechará o evento na noite do dia 31.

Ouça Life Wasted:

Outras bandas

Mais de 30 bandas vão tocar nesses três dias de Lolla, esses citados acima foram apenas os headliners; bandas muito famosas como Queens Of The Stone Age, Planet Hemp, Franz Ferdinand e o ‘sucesso do momento’, Alabama Shakes, também estarão lá. Aliás, será o primeiro show do Alabama no Brasil, o que deve atrair muitos fãs. Two Door Cinema Club, The Kaiser Chiefs, Gary Clark Jr. e John Mayer também tocarão.

Veja a lineup completa!

 

  Espero que tenham gostado! O festival tem TUDO para ser um grandíssimo sucesso, e histórico também!


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários