Back in Black completa 35 anos
Felipe Perazza

Felipe Perazza
@AndarilhoMusic

  quinta-feira, 30 de julho de 2015

Back in Black completa 35 anos

Disco do AC/DC é um marco na história do Rock

O álbum Back in Black completa este mês 35 anos de seu lançamento, que aconteceu em 25 de julho de 1980. Considerado como o melhor trabalho do AC/DC pela grande maioria dos ouvintes, o disco marcou não só o recomeço de uma banda que tinha acabado de perder seu vocalista como também um capítulo na história do Rock.

Bon Scott foi um dos grandes músicos que se foi cedo demais, vítma de overdose aos 27 anos e com uma aura de mistério que somente o Rock and Roll consegue propôr. Em seu lugar entrou um músico desconhecido, fã da banda e que fazia, com um pouco de esforço, o agudo na voz que, em Scott, saia de forma natural. Sem saber, Brian Johnson estava tornando sua voz uma das marcas registradas do AC/DC e ajudando a banda a se tornar ainda mais icônica.

Seu vocal em canções como Hells Bells, Back in Black e Shoot to Thrill são o toque à mais numa banda que já sabia bem o que fazia: peso, riffs e solos enfurecidos. Outros hits que também compõem o álbum são You Shook Me All Nigh Long, Giving the Dog a Bone e a enfática à começar pelo título Rock and Roll Ain’t Noise Polution.

Não por acaso, Back in Black se tornou o sucesso que se seguiu no mundo todo. O álbum se tornou um dos mais importantes da história e aparece em diversas listas entre os cinco álbuns mais vendidos, além é claro de discos definitivos do Rock.

A melhor maneira de celebrar os 35 anos de Back in Black é escutando-o. Confira:

Não consegue ouvir no Spotify? Então ouça no Youtube.


Felipe Perazza é o cara por tras do blog Músicas de Andarilho e autor do livro Heróis e Anônimos.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários