Wizards of Coast anuncia oficialmente Dungeons & Dragons 5ª Edição

A Wizard of Coast anunciou no último dia 9 o desenvolvimento oficial de Dungeons & Dragoons 5ª Edição. O anúncio não pegou muita gente de surpresa, já que quem costumava participar de fóruns de discussões do sistema já sabia que a nova edição do D&D estava em produção.

A versão inicial das regras da edição vai ser demonstrada oficialmente durante o D&D Experience, que terá lugar entre os dias 26 e 29 de janeiro. Apesar de alguns relatos indicarem que já estão sendo feitos playtests com o novo sistema, a Wizards of Coast anunciou que a partir de março começarão os playtests de forma oficial.

Mike Mearls, chefe da linha de produtos D&D, disse: “Queremos um jogo que se eleve acima das diferenças de estilos, cenários de campanha e edições, que carregue a essência fundamental do D&D e o leve para o primeiro plano do jogo. Em suma, queremos um jogo tão simples ou complexo quanto você queira, com ação focada no combate, intriga e exploração como você desejar. Queremos um jogo que seja inconfundivelmente D&D, mas que possa facilmente tornar-se o seu D&D, o jogo que você quer mestrar e jogar”.

Basicamente, a Wizards of Coast vai ficar de olho em fóruns de discussões e em outros locais onde os fãs podem se manifestar sobre o anúncio e sobre as novidades que possam surgir, para receber feedbacks sobre a 5ª edição de D&D e poder construir um sistema que agrade diversos tipos de jogadores.

O cenário principal da 5ª edição será o Forgotten Realms, mas com uma novidade: as regras vão dar suporte à qualquer parte do cenário e em qualquer período da sua história. Um estúdio de arte de video-games chinês foi contratado para trabalhar no cenário dessa edição.

Você pode se registrar para futuros playtests (sem previsão de um no Brasil ainda) e acompanhar as novidades do novo sistema no site oficial da Wizard of Coast.

Ainda não há previsão de lançamento para Dungeons & Dragons 5ª Edição, mas os primeiros rumores indicam que o sistema deve estar disponível até o meio do ano que vem.

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...