Vaza carta com planos originais de George R.R. Martin para As Crônicas de Gelo e Fogo

Leandro de Barros

  sexta-feira, 06 de fevereiro de 2015

Vaza carta com planos originais de George R.R. Martin para As Crônicas de Gelo e Fogo

Planos originais contém muitas modificações na trama da série

Como a gente já explicou aqui uma vez, George R.R. Martin não é o escrito mais conhecido por se manter estritamente fiel à planos. Originalmente, ele  idealizou As Crônicas de Gelo e Fogo como uma trilogia – eventualmente a saga cresceu tanto que hoje o plano é de sete livros ou até mais.

Tudo isso serve pra contextualizar o fato de que POSSÍVEIS spoilers sobre o futuro da saga vazaram hoje nas Interwebs da vida. Se não quiser saber, não siga lendo.

Dance of Dragons

O que aconteceu foi o seguinte: a Waterstones Books, uma livraria tradicional de Londres, divulgou no seu Twitter fotos de uma carta que George R.R. Martin enviou ao seu editor no começo dos anos 90 com detalhes sobre a trama da saga.

Na carta, o escritor basicamente descreve brevemente os acontecimentos d’As Crônicas de Gelo e Fogo – e, volto a frisar, foi algo escrito no começo dos anos 90, quando a ideia era que a série fosse uma trilogia.

Dentre as revelações feitas por Martin estão o fato de que apenas cinco protagonistas da série sobreviveriam no fim: Tyrion Lannister, Daenerys Targaryen, Arya Stark, Bran Stark e Jon Snow. Além disso, três desses personagens se envolveriam num triângulo amoroso bem bizarro (típico do escritor): Jon Snow e Arya Stark se apaixonariam, mas esse romance terminaria quando a “verdadeira linhagem” de Jon fosse revelada – então Tyrion Lannister se apaixonaria por Arya, mas ela não responderia aos sentimentos dele e uma rivalidade entre Tyrion e Jon começaria.

Muitas mortes e batalhas foram alteradas também: segundo a carta, Robb Stark morreria em batalha contra o exército dos Lannisters, depois de ter assassinado Joffrey; Catelyn Stark morreria após um ataque dos White Walkers quando ela estivesse refugiada no acampamento de selvagens de Mance Ryder; Jaime Lannister se tornaria o Rei dos Sete Reinos matando todos que aparecessem no seu caminho e colocando a culpa em Tyrion (quem leu os livros sabe que essa é, talvez, a mudança mais dramática de todas); Khal Drogo seria morto pela própria esposa, que pegaria os Dothraki e invadiria Westeros no segundo livro.

Enfim, as mudanças são tantas e, considerando que parte da carta estava censurada, dá pra assumir que todas as revelações são desimportantes hoje: ou contém coisas que já aconteceram, ou coisas que não vão acontecer. Apenas a parte censurada parece fazer parte dos planos de George R.R. Martin ainda.

George R.R. Martin ainda não se pronunciou sobre o caso e a Waterstones Books já deletou seu tuíte com as fotos. The Winds of Winter, sexto livro da saga, ainda não tem data de lançamento.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários