Stephen King fala sobre Dr. Sleep, continuação de O Iluminado

Leandro de Barros

  segunda-feira, 04 de fevereiro de 2013

Stephen King fala sobre Dr. Sleep, continuação de O Iluminado

Livro mostrará Danny Torrance, filho de Jack Torrance, trabalhando em um hospício, dando conforto à pacientes à beira da morte

Em setembro, os EUA devem ver a chegada de Dr. Sleep, continuação de O Iluminado, de Stephen King. No livro, acompanharemos Danny Torrance, o filho de Jack Torrance, protagonista do primeiro livro.

Em entrevista ao EW, Stephen King falou sobre o que o motivou a voltar à história desse personagem, os desafios de fazer uma sequência do seu trabalho mais famoso e como foi reler O Iluminado 30 anos depois de ter escrito o livro.

Stephen King

Em Dr. Sleep, nós veremos Danny trabalhando em um hospício, onde ele usa seus poderes para dar conforto à pacientes à beira da morte. King disse que começou a considerar dar uma sequência à O Iluminado depois de ser perguntado muitas vezes sobre o destino de Danny. “De vez em quando, alguém me pergunta ‘O que aconteceu com o Danny?’. Eu costumava brincar e responder ‘Ele se casou com Charlie McGee de A Incendiária e eles tiveram filhos incríveis!’, mas eu comecei a pensar sobre isso“, falou o escritor. Apesar de sempre imaginar o destino de Danny, King disse que só começou a pensar seriamente na história e no tema desse novo livro quando perguntado o porquê de Jack Torrance nunca ter entrado para os Alcoólicos Anônimos. “Ele era um bebum nos livros e nunca chegou nem perto de um encontro. Uma das coisas que você ouve do pessoal que vai ao AA, ou de pessoas que tem problema de abuso de substâncias, é que é um problema que fica na família. Quando a ideia da sequência surgiu na minha cabeça, eu comecei a pensar ‘Agora, Danny deve ter uns 20, 25 anos… eu imagino se ele está bebendo como o pai’. Finalmente eu decidi usar isso na história para revisitar esse problema. Filho de peixe, peixinho é“, explicou o autor.

No livro, Danny trabalha em um hospício dando conforto à pessoas que estão prestes a morrer. Essa ideia veio até king através da televisão: “Há uns cinco anos atrás, eu vi essa reportagem em um desses noticiários da manhã sobre um gato em um hospício. De acordo com a reportagem, o gato sabia antes de todo mundo quem iria morrer. Ele ia até o quarto da pessoa, se aninhava na cama e as pessoas não ligavam. Então, essas pessoas morriam. Eu pensei comigo mesmo ‘Eu quero escrever uma história sobre isso!’. E então eu fiz a conexão com Danny Torrance como um adulto, trabalhando num hospício“.

Fazer a sequência do seu trabalho mais famosos não é algo fácil. Stephen King sabe que enfrentará muitas críticas assim que o livro sair, especialmente dele mesmo. “Quando eu comecei a pensar seriamente no assunto, eu disse a mim mesmo ‘Você realmente quer fazer isso? Porque a maioria das sequências são péssimas’ As únicas duas exceções que eu consigo pensar são As Aventuras de Huckleberry Finn, um livro que é a sequência de Tom Sawyer, mas é muito melhor; e eu acho que O Poderoso Chefão II é muito melhor que O Poderoso Chefão“, explicou.

Por fim, King também descreveu como foi a experiência de reler O Iluminado tanto tempo depois de ter lançado o livro. “Cara, foi um exercício de auto-consciência. Vamos tentar lembrar que o cara que escreveu aquilo mal tinha 30 anos de idade. Isso é metade da idade que eu tenho agora, e mais! Eu aprendei alguns novos truques desde então e perdi alguma da urgência original que estavam na moda literária naquela época. Não sou mais o mesmo homem que era, mas essa é parte da graça também“, concluiu.

Você pode ler o resto da entrevista nesse link.

Dr. Sleep será lançado nos EUA no dia 24 de setembro e ainda não tem previsão de chegada ao Brasil.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários