Sinestro e amigos do Aquaman devem ganhar séries mensais em Os Novos 52

Leandro de Barros

  segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Sinestro e amigos do Aquaman devem ganhar séries mensais em Os Novos 52

Novas HQs da DC Comics vem por aí

Sinestro 1Quando Abril chegar, o Universo DC será um lugar muito diferente nas páginas de Os Novos 52, o selo que a editora publica desde o seu reboot em 2011.

Com toda essa mudança que deverá rolar por lá, duas novas mensais deverão estrear no quarto mês do ano nos EUA. A primeira delas e, vamos ser sinceros, a única confirmada até o momento é uma série regular estrelada pelo Sinestro, clássico vilão do Lanterna Verde.

O personagem, que é um dos destaques do arco Forever Evil, terá a sua revista mensal escrita por Cullen Bunn (The Sixth Gun) e desenhada por Dale Eaglesham (Green Lantern #23.4: Sinestro). A série deverá ser uma continuação da one-shot do Sinestro que foi publicada no Mês dos Vilões em Setembro do ano passado, tendo inclusive a participação de Lyssa Drak, que apareceu na edição.

A estreia de Sinestro nas bancas está marcada para o dia 16 de Abril.

ATUALIZADO (14/01): A DC Comics finalmente anunciou de maneira oficial a nova série mensal do Aquaman. Intitulada Aquaman and the Others, a revista terá textos de Dan Jurgens e artes de Lan Medina.

Aquaman and the others

ORIGINAL (13/01): A outra HQ mensal que deverá estrear em Abril será Aquaman and the Others, provavelmente um título focado no “esquadrão” liderado pelo Aquaman no passado e que apareceu recentemente na mensal do personagem.

Ainda não existem muitas informações sobre a série, já que ela ainda não foi anunciada oficialmente pela DC Comics, mas o título já apareceu em listas de futuras revistas da DC de duas fontes diferentes e, recentemente, o site oficial da editora abriu uma “página oficial” para o título (que foi retirada do ar logo em seguida):

DC Aquaman and the Others


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários