Responsável por ameaças ao autor de Kuroko no Basket é condenado a 54 meses de prisão

Leandro de Barros

  quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Responsável por ameaças ao autor de Kuroko no Basket é condenado a 54 meses de prisão

Japonês de 36 anos é condenado a 4 anos e meio de prisão

Hirofumi Watanabe, acusado de ser o responsável por diversas ameaças ao autor do mangá Kuroko no Basket (e de outras tantas para eventos e lojas com produtos da série), foi considerado culpado pela Corte Distrital de Tóquio nessa semana e condenado à 54 meses (4 anos e meio) de prisão.

Watanabe, que tem 36 anos, foi preso pela polícia de Tóquio em Dezembro do ano passado, e acusado de enviar centenas de cartas ameaçando Tadatoshi Fujimaki (autor do mangá já citado) e outros estabelecimentos ligados à Kuroko no Basket. Em Março, no seu primeiro dia na Corte, Watanabe admitiu ser culpado das acusações, justificando suas ações como “uma boa vingança contra seus pais”.

Watanabe se defendeu justificou as ameaças que enviou para o autor de Kuroko no Basket e para vários lojistas pelo pais “por inveja”. O homem disse que foi abusado na infância por bullies e pelos seus pais e que, quando ficou sabendo da carreira bem sucedida de Tadatoshi Fujimaki, ele chegou à brilhante dedução que “se de alguma forma eu pudesse perseguí-lo e deprimí-lo, eu poderia arrastá-lo para minha jornada suicida”.

Apesar de admitir culpa, Watanabe revelou que não sente nenhum tipo de remorso pelas suas ações, não vai se desculpar e que não tem condições financeiras de pagar algum tipo de indenização. Ele também prometeu que vai se suicidar após cumprir o seu tempo na cadeira, “assim a sociedade pode ficar tranquila que ele não fará nada estúpido novamente”, nas suas próprias palavras.

Mas, quem é esse cara?

Desde Outubro de 2012 que vários estabelecimentos com algum tipo de ligação com Kuroko no Basket (além do próprio Tadatoshi Fujimaki) estavam recebendo várias cartas com ameaças, inclusive algumas delas com pós ou líquidos estranhos – investigações realizadas em uma dessas cartas determinaram que o líquido poderia emitir uma dose letal de sulfeto de hidrogênio caso vaporizado.

Diversos eventos de grande porte foram cancelados no Japão ou excluíram qualquer tipo de participação de Kuroko no Basket, inclusive o Comic Market (o Comiket), que  simplesmente barrou todo e qualquer item relacionado ao mangá de Tadatoshi Fujimaki, por causa das ameaças realizadas por Hirofumi Watanabe.

A situação se repetiu durante o ano de 2013, chegando ao ponto da rede de aluguel de filmes Tsutaya retirar todas as cópias do anime de Kuroko no Basket das suas lojas. A TBS, emissora que exibe o anime, recebeu mais de 250 cartas com ameaças contra a exibição da obra.

A polícia de Tóquio acabou prendendo Watanabe em Dezembro do ano passado, graças à um vídeo de vigilância de 2012.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários