JBC vai relançar mangá de Samurai X no Brasil!

  Leandro de Barros  |    terça-feira, 28 de agosto de 2012

Editor-chefe da JBC anuncia durante o Festival do Japão que Kenshin, Kaoru, Sanosuke e Yahiko estarão de volta às bancas nacionais!

#ATUALIZADO [28/08]: A JBC finalmente confirmou oficialmente o relançamento do mangá de Samurai X no Brasil. Poucas informações foram dadas sobre data ou material do relançamento, mas já sabemos que sa obra de Nobuhiro Watsuki será relançada com seu nome original: Rurouni Kenshin. Além disso, a tradução do mangá será refeita, já que a tradução original foi influenciada pelo anime de Samurai X.


#TEXTO ORIGINAL [16/07]: Durante o Festival do Japão, que rolou em São Paulo no último domingo, o editor-chefe da JBC, Cassius Medauar, anunciou que a editora vai relançar o mangá de Samurai X no Brasil AINDA NESSE ANO!

Medauar afirmou que o mangá terá um relançamento “especial”, embora não explicou o que seja esse “especial”. Mas, honestamente, quem se importa? É Samurai X! De volta!

Honestamente, eu tenho a impressão de que 2012 está sendo um dos anos mais importantes para a saga criada por Nobuhiro Watsuki desde a sua criação, há 18 anos atrás. Primeiro, vem aí um filme live-action do mangá, que parece mais legal à cada novo vídeo divulgado. Um mangá baseado nesse longa também deve ser divulgado. Ainda em termos de quadrinhos, um novo capítulo do mangá original de Rurouni Kenshin será lançado no Japão. Para completar, um novo game da série sairá para o PSP. Mas tudo isso, por enquanto, lá na Terra do Sol Nascente. Esse anúncio da JBC é a primeira novidade do Retalhador Battousai em solo tupiniquim!

Nós ainda não sabemos como será feito esse relançamento (formato meio tanko, novamente?) ou quando o mangá voltará às bancas, mas avisaremos quando soubermos de algo.

via Chuva de Nanquim (que teve a ajuda do Mithril)


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários