J.K. Rowling admite que se arrepende de colocar Rony e Hermione num relacionamento

Leandro de Barros

  segunda-feira, 03 de fevereiro de 2014

J.K. Rowling admite que se arrepende de colocar Rony e Hermione num relacionamento

Escritora britânica admite que se arrepende de colocar Rony e Hermione casados

rony hermioneTalvez você não saiba, então vale a pena explicar o conceito de Shipper antes de começar a falar sobre a novidade do fim de semana. Sabe quando você assiste à alguma série de TV, lê algum livro ou curte qualquer outro tipo de história e começa a “torcer” para que determinados personagens namorem e façam filhos fictícios? Então, Shipper é mais ou menos isso.

O interessante é que, na Internet, Shipper é coisa séria. E a gloriosa J.K. Rowling pode ter pisado num formigueiro enorme nesse fim de semana por causa disso.

Em entrevista conduzida pela atriz Emma Watson (a Hermione dos filmes de Harry Potter) a autora de Harry Potter revelou que se arrepende de ter escrito que Hermione e Rony terminaram a saga juntos.

Eu escrevi o relacionamento entre Rony e Hermione como uma forma de realização de um desejo. Foi assim que eu imaginei da primeira vez, na verdade. Por razões que tem muito pouco a ver com literatura e muito mais comigo agarrada ao plot como eu imaginei da primeira vez, Hermione terminou com o Rony.

Eu sei, me desculpem. Eu posso ouvir a raiva e a fúria que isso pode causar em alguns fãs, mas se eu for absolutamente honesta, a distância me deu uma nova perspectiva nesse assunto. Foi uma escolha que eu fiz por razões muito pessoais, não por credibilidade. Eu estou quebrando o coração das pessoas ao dizer isso? Espero que não

Conseguem ouvir esse barulho? Isso é o urro de raiva de milhares de jovens que estão dizendo pra Rowling ficar longe do casalzinho deles!

Bem, o que se costuma dizer é que depois que a obra é publicada, ela pertence aos leitores e não ao autor. Assim, a não ser que Rowling queira dar uma de George Lucas (o que eu duvido), a história de Harry Potter segue sem alteração – o que não significa que ela não possa se arrepender de como tudo terminou.

Para concluir, Rowling disse que acredita que Rony e Hermione eventualmente precisaram de algum tipo de “terapia de casais” durante o relacionamento deles, que culminou em duas crianças: os jovens Hugo e Rose.

Ah, não custa lembrar que em 2011, J.K. Rowling admitiu publicamente que tinha “considerado seriamente” matar o Rony em algum momento da saga. Mas que rancor que a mulher guarda do pobre Weasley, querendo tirar a vida e a esposa do cara…


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários