George R.R. Martin fala sobre The Winds of Winter e sobre uma enciclopédia de Westeros

  Leandro de Barros  |    quarta-feira, 13 de junho de 2012

Escritor comenta a demora em escrever cada volume da série, fala sobre projetos futuros e sobre a diferença entre escrever para a TV e para os livros

A segunda temporada de Game of Thrones já acabou há mais de uma semana. Agora, só teremos novos episódios da série em abril do ano que vem. O que fazer até lá? Ler os livros escritos por George R.R. Martin é uma boa opção.

Atualmente, quatro livros já foram lançados no Brasil e o quinto deve sair em breve, pela editora Leya. E o sexto? Em entrevista à HBO, George R.R. Martin comentou sobre o processo de desenvolvimento de The Winds of Winter, sexto livro de As Crônicas de Gelo e Fogo.

A minha maneira de escrever é lenta, especialmente livros desse tamanho que são tão grandes e complexos. Continua sendo um processo lento. Eu estou ciente que a série de TV está vindo atrás de mim como uma locomotiva gigante e eu sei que, talvez, eu precise assentar o caminho mais rapidamente, porque a locomotiva vai me alcançar logo, logo. A última coisa que eu quero é que a série de TV me alcane. Eu tive uma distância bem considerável no começo, mas a produção está avançando mais rapidamente do que eu posso escrever. Eu espero que nós terminemos a história mais ou menos ao mesmo tempo… veremos”, disse Martin.

O escritor explicou seu processo criativo e  o porquê dele demorar tanto para escrever os livros: “O meu processo como escritor não envolve planejar as coisas com bastante antecedência, o que faz com que a minha inspiração me leve à alguns becos sem saída. Eu escrevo um capítulo e ele fica ótimo, mas daí eu percebo um mês depois ou meio ano depois que eu não quero seguir aquele caminho. Então eu tenho de voltar e reescrevê-lo todo e assim por diante. É quase uma subconsciente – quando está bom, eu sinto que está bom. E quando não sinto que está bom, eu continuo trabalhando até que esteja bom“.

As duas próximas temporadas da série devem adaptar o terceiro livro da saga escrita por Martin, A Tormenta de Espadas. Depois disso, ainda devem haver mais algumas temporadas para adaptar O Festim de Corvos e A Dança dos Dragões (quarto e quinto livros da série), que se passam ao mesmo tempo. Por isso, é seguro dizer que ainda faltam alguns anos para a série de TV alcançar o escritor. Mas se ele demorar muito tempo para escrever os próximos dois livros…

Martin, que escreveu o ótimo episódio Blackwater, o nono da segunda temporada de Game of Thrones, também comentou sobre as diferenças entre escrever para a TV e para os livros:

Prosa e filmagens possuem técnicas e armas diferentes que é possível usar. Em um livro, eu tenho um monólogo interno e posso dar aos leitores acesso aos pensamentos dos personagens. Ele pode contar uma mentira, mas você está na cabeça dele, então você sabe que é uma mentira. Quando você está assistindo na TV, você só ouve o que ele diz – o ator precisa convencer com seus olhos e sua boca. E grandes atores fazem isso“.

Para concluir, George R.R. Martin ainda falou sobre alguns projetos futuros. Segundo o escritor, além de escrever o sexto livro de As Crônicas de Gelo e Fogo, ele também está trabalhando em uma espécie de enciclopédia da série, chamada “The World of Ice and Fire” (O Mundo de Gelo e Fogo), que “será sobre toda a história de Westeros e será ricamente ilustrada“. Martin disse estar escrevendo histórias de reis que governaram Westeros à 200 anos atrás ou 500 anos atrás, além de confeccionar um atlas da série.

Por fim, o escritor também confirmou estar trabalhando em um novo livro da série Dunk and Egg, uma série que serve de prelúdio para As Crônicas de Gelo e Fogo.

Anda bem ocupado o senhor Martin, não?


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários