Geoff Johns deixa revista do Aquaman, enquanto a mensal do Flash perde sua equipe técnica!

AquamanDepois de perder J.H. Williams III e W.H. Blackman da mensal da Batwoman, uma das mais elogiadas de Os Novos 52, duas séries mensais da DC Comics perderam suas equipes criativas (ou parte) nessa terça-feira.

E olha que não teve casamento nenhum envolvido!

Com a divulgação das solicitações dos títulos que serão publicados em Novembro chegando à Internet, duas pequenas bombinhas foram divulgas: Geoff Johns deixa os roteiros de Aquaman, enquanto Franics Manapul e Brian Buccellato saem do título Flash.

Flash DCA parte menos ruim da notícia é que eles não estão saindo da DC Comics, mas sim assumindo outros títulos da editora que, obviamente, ainda são um segredo para nós, mortais.

As partidas serão obviamente sentidas, já que o Aquaman saiu de “piada da Internet” para “um dos caras mais legais dos quadrinhos” sob a batuta de Geoff Johns, enquanto a mensal do Flash pode ser considerada uma das melhores coisas de Os Novos 52 – tanto em termos de desenhos, quanto de histórias.

Agora é esperar para ver no que esses caras irão trabalhar – deve ser algo grande, para interferir em duas das principais séries da DC.

Para deixar o clima mais leve, eis uma pequena descoberta feita recentemente:

Sharknado origem

Hollywood, me ligue!

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...