EITA: DC quer continuação de O Cavaleiro das Trevas escrita por Scott Snyder e Frank Miller

Leandro de Barros

  quarta-feira, 03 de dezembro de 2014

EITA: DC quer continuação de O Cavaleiro das Trevas escrita por Scott Snyder e Frank Miller

Dark Knight Three está dentro dos planos da editora

Depois de Watchmen e Sandman ganharem publicações extras recentemente, mais uma grande HQ dos anos 80 da DC Comics vai ganhar novas edições no futuro: Batman – O Cavaleiro das Trevas.

Originalmente escrita por Frank Miller e desenhada por Klaus Janson – e depois seguida de uma continuação BEM abaixo do nível da primeira obra – O Cavaleiro das Trevas conta a história de um Bruce Wayne aposentado, que sente a responsabilidade de voltar à ação por uma última vez para salvar Gotham, mais ou menos ao mesmo tempo que o Coringa também volta à ativa e o Superman se tornou um cãozinho do governo.

Agora, o BleedingCool revela que a DC Comics está planejando uma nova HQ para completar uma trilogia dessa história – e essa nova história seria escrita pelo próprio Frank Miller ao lado de Scott Snyder! Sim, um dos mais celebrados roteiristas do passado do Batman ao lado de um dos mais celebrados roteiristas do presente do Cavaleiro das Trevas.

De acordo com a publicação, o plano é contar a história da jovem Carrie Kelly, a Robin de O Cavaleiro das Trevas, que já não é tão jovem assim: idosa e aposentada, Kelly precisa procurar por um sucessor para proteger Gotham.

Como Frank Miller anda meio mal de saúde, o negócio ainda não está fechado dentro da DC Comics e ele não será o desenhista do projeto. Dan Didio, um dos principais editores dentro da DC, quer que a história seja contada em múltiplas edições com diferentes artistas – e os nomes de Greg Capullo, Jim Lee, Andy Kubert e Marc Silvertri são citados; enquanto Scott Snyder prefere um título só e o desenhista Sean Murphy, que trabalha com ele em The Wake, para ilustrar a história.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários