Descubra como o Novo Universo DC deve ser lançado no Brasil

  Leandro de Barros  |    quarta-feira, 26 de outubro de 2011

O Novo Universo DC deve ser lançado no Brasil em revistas agrupadas por "famílias" dos personagens: uma pra Família Batman, outra pra Família Superman, outra para todos os Lanternas, etc...

Hoje é o dia do lançamento de treze revistas número #2 do Novo Universo DC pelo mundo todo, através da Comixology, em inglês. Com isso, o segundo mês do Novo Universo DC estará encerrado e, se o valor “qualitacional” das novas histórias ainda não foi provado, pelo menos a DC recebeu aprovação comercial pelo reboot.

Porém, as revistas lançadas pelo mundo todo são em formato digital e em inglês. Para alguns de nós isso pode ser irrelevante, mas para outros faz toda a diferença. Assim, desde o começo pairou a dúvida sobre como o Novo Universo DC seria lançado no Brasil.

Os caras do Soc! Tum! Pow! conversaram com Levi Trindade, editor DC no Brasil, durante a 18ª Fest Comix e conseguiram do editor um PROVÁVEL modelo de como as coisas serão feitas em Pindorama.

Como o método americano, isso é, as 52 revistas sendo vendidas em separado, é um modelo inviável no Brasil, a Panini deve manter o modelo de lançar edições agrupadas e seguir a lógica dada pela DC ao dividir seu novo Universo em “famílias”.

Segundo a publicação, esse deve ser o modelo de publicação do Novo Universo DC no Brasil:

Um ou dois títulos da Família Batman (Batman, Detective Comics, Batman: The Dark Knight, Batwing, Batman and Robin, Birds of Prey, Batwoman, Batgirl, Red Hood and the Outlaws, Catwoman e Nightwing);

Um título da Família Kripton (Superman, Action Comics, Superboy e Supergirl);

Uma revista de Oa (Green Lantern, Green Lantern Corps, Green Lantern: New Guardians e Red Lanterns);

Uma ou duas revistas das Ligas/Sociedades da Justiça e seus personagens (Justice League, Justice League International, Aquaman, Wonder Woman, The Flash, Captain Atom, The Fury of the Firestorm: The Nuclear Men, Green Arrow, DC Universe Presents, The Savage Hawkman e Mr. Terrific);

Uma revista Dark (Justice League Dark, Swamp Thing, Animal Man, Frankenstein, Agent of S.H.A.D.E., Ressurrection Man, I, Vampire e Demon Knight).

Uma revista Jovem (Teen Titans, Static Shock, Hawk and Dove, Blue Beetle, Legion Lost e Legion of Super-Heroes).

Uma revista “renegada” (Stormwatch, Grifter, Deathstroke, Suicide Squad, Voodoo, O.M.A.C., Men of War, Blackhawk e All-Star Western).

O editor também comentou que o Novo Universo DC deve chegar em breve às bancas nacionais, já que Flashpoint (a saga que antecede o relançamento e que será publicada aqui com o nome de Flashpoint – Ponto de Ignição) está prestes a sair nas bancas nacionais.

Pra quem já compra as revistas pelo Comixology, não deve mudar muita coisa já que, por lá, os “pacotes” que cada um vai ler são customizáveis. Já pra quem prefere a edição da Panini, acho que as divisões são bem coerentes e vai valer a pena adquirir os diferentes pacotes, especialmente que as novas revistas vão começar a ficar interligadas.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários