DC esclarece algumas dúvidas sobre seu reboot/relançamento

  Leandro de Barros  |    segunda-feira, 04 de julho de 2011

A DC Comics respondeu à um FAQ com dúvidas dos lojistas norte-americanos sobre seu reboot/relançamento explicando coisas sobre a continuidade dos personagens e como será a distribuição das HQs em formato digital

A DC Comics respondeu à um FAQ para esclarecer dúvidas de donos de comic shops americanas sobre seu reboot/relançamento.

Todas as questões e respostas podem ser consultadas no Bleeding Cool, em inglês. A gente vai fazer só um apanhado do que é mais importante e nos interessa.

Comecemos pela questão “reboot/relançamento”. A DC insiste que sua iniciativa não seja chamada de reboot. Segundo eles: “Não é um reboot. Um reboot é, tipicamente, um reinício de uma história ou personagem que descarta tudo que aconteceu anteriormente. Esse é um novo início onde construitemos tudo que aconteceu de melhor no passado”.

Em relação à continuidade das histórias da DC, algumas serão apagadas e outras não. A empresa deu o exemplo da Batgirl, que será Barbara Gordon. Os eventos de A Piada Mortal aconteceram, ela se tornou a Oráculo e agora passará por uma reabilitação física para ser a Batgirl novamente, com mais experiência e nuances (Pra quem não é familiarizado, em A Piada Mortal, Bárbara Gordon é baleada e estuprada pelo Coringa, ficando numa cadeira de rodas. Depois disso, ela torna-se a Oráculo).

Uma coisa que nós sabemos é que quase nada no universo do Batman irá se alterar. Bruce Wayne volta a ser o Batman, Dick Grayson volta a ser o Asa Noturna, mas ele realmente foi o Batman e isso não será alterado. Uma das coisas a se levar em conta é como ele reagirá por ser colocado “no banco de reservas”. Damian Wayne, filho de Bruce Wayne, manterá seu posto como Robin, a Batman Inc. continuará existindo, embora não tenha uma revista própria em setembro. Ela deve ganhar uma em breve.

Segundo a DC, uma das vantagens desse relançamento será, justamente, com os personagens em que a continuidade será apagada. A empresa diz que com esses personagens, será possível ter uma abordagem mais criativa e moderna, com foco nos momentos iniciais de suas carreiras, quando eles ainda não eram experientes, ainda não sabiam o que sabem, ainda eram receosos. Esses personagens terão origens, aparências e idades alteradas.

A DC insiste que o relançamento não é só mais um evento da casa. “Esta é uma iniciativa épica e ambiciosa que traz uma nova era para os personagens DC e determinará o tom das histórias e personagens por anos. Isto não é um ‘evento’, pois eventos têm data de validade.”

Por fim, além das questões técnicas de preços, capas, páginas e etc, a DC afirmou que está trabalhando com a Comixology para determinar o horário de lançamento dos quadrinhos em formato digital às quartas-feiras, ás 15h, horário de Brasília.  As HQs custarão U$2,99 ou U$3,99 dependendo do número de páginas no dia do lançamento e terão a queda de 1 dólar quatro semanas após o lançamento.

Para ver os 52 títulos que estarão em Setembro, no relançamento da DC, com suas respectivas capas, clique aqui. Você pode conferir a nova Liga da Justiça aqui.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários