DC anuncia crossover entre os bat-títulos nos quadrinhos

  Leandro de Barros  |    terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Editora anuncia pequenas histórias separadas na revista mensal do Batman que vão levar até um grande crossover entre os bat-títulos

A DC anunciou através do seu blog oficial o primeiro crossover do seu Novo Universo DC envolvendo o Batman e a Bat-Família. A partir de Batman #8, que deve chegar às bancas norte-americanas e em formato digital para o mundo todo em março, a revista do Batman trará pequenas histórias sobre a Corte das Corujas, organização que tem dado trabalho ao Homem Morcego no atual arco da revista.

Essas pequenas histórias darão início à “The Night of the Owls” (A Noite das Corujas, em tradução livre) o primeiro crossover entre os bat-títulos do Novo Universo DC.

As histórias serão escritas por Scott Snyder, atual autor da revista, e desenhadas pelo brasileiro Rafael Albuquerque, que faz parceria com Snyder na premiada graphic novel American Vampire.

O autor comentou a iniciativa: “A primeira história, na edição oito, dará uma noção do aterrorizante alcance do ataque da Corte das Corujas em Gotham. Vai ser realmente o primeiro tiro em uma guerra pela alma de Gotham City. E então, começando na edição nove, nós vamos começar uma história em três partes chamada ‘A Queda da Casa Wayne’, que vai investigar a história secreta da Corte das Corujas e seu relacionamento com a família Wayne – particularmente com Thomas e Martha Wayne, pais de Bruce. A história vai ser contada do ponto de vista de Jarvis Pennyworht, pai de Alfred, e vai oferecer algumas grandes surpresas e revelações sobre as forças que moldaram a bat-mitologia como nós a conhecemos. Mal posso esperar para que todos vocês vejam essas histórias!“.

Abaixo, estão algumas das artes feitas pelo brasileiro Rafael Albuquerque para a saga. Batman #8 estará disponível em março.

[nggallery id=412]


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários