Criador de Shingeki no Kyojin é ameaçado de morte no Japão

Leandro de Barros

  terça-feira, 02 de julho de 2013

Criador de Shingeki no Kyojin é ameaçado de morte no Japão

Hajime Isayama, criador do mangá de Shingeki no Kyojin, recebe ameaças de morte no Japão

Dot Pixis

Dot Pixis, personagem de Attack on Titan

Shingeki no Kyojin, ou Attack on Titan aqui no ocidente, é o principal anime do ano no Japão até o momento. Grande lançamento da atual temporada, que começou em Abril, a série tem conquistado fãs lá na Terra do Sol Nascente e por aqui também, e alçou o seu criador, o mangaká Hajime Isayama, à fama.

Porém, quando se é famoso, nem tudo é uma maravilha.

Desde que a série começou a ficar mais conhecida, Isayama acabou entrando na mira de algumas pessoas que não gostaram tanto assim do seu trabalho e começou a receber ameaças de morte, praticamente todas sendo publicadas no seu blog oficial.

Na última sexta-feira, por exemplo, alguém postou que iria “bater em Hajime Isayama até a morte“, ao passo que outra pessoa (ou talvez a mesma) perguntou o que era melhor: “Bater em Isayama até a morte ou queimar a sua casa“.

As mensagens de ódio inundaram o blog do artista e foram alvo de análises de alguns sites japoneses. O Yokoku, por exemplo, conseguiu notar que as mensagens não parecem ter sido escritas por alguém que domina o idioma japonês, já que é possível notar o uso de algum software de tradução (como o Google Translate, por exemplo) – algumas palavras estão escritas da maneira errada ou fora de posição, por exemplo.

Apesar de não haver uma razão explícita para tanto ódio, especula-se que os haters de Hajime Isayama estão fazendo essas ameaças por causa do personagem Dot Pixis, de Shingeki no Kyojin. O personagem tem seu visual assumidademente inspirado no general japonês Yoshifuru Akiyama, considerado o “pai da cavalaria moderna japonesa”.

Mesmo sendo um nome conceituado no exército japonê,s Yoshifuru Akiyama não é um nome muito querido em outros países asiáticos, já que participou e liderou batalhas de invasões japonesas em territórios da Coréia do Sul e da China, por exemplo. É possível que a utilização do general como inspiração para um dos personagens do mangá possa ter enfurecido fãs da série em outros países da Ásia, embora não haja confirmação de onde essas ameaças estão sendo feitas e nem o porquê.

via Kotaku


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários