Confira a possível primeira capa de Ponto de Ignição

Ponto de Ignição é a minissérie que deu origem à maior mudança no Unniverso DC nos quadrinhos nos últimos anos. A saga simplesmente deu início ao relançamento da DC, que zerou a cronologia do seu universo nos quadrinhos e começou tudo de novo, com 52 títulos mensais.

O arco estréia no Brasil agora em janeiro, pela Panini, e o Multiverso DC teve acesso à uma possível capa da primeira edição da revista, que vocês podem ver abaixo:

Normalmente a Panini anuncia esse tipo de novidades no seu blog oficial, mas por enquanto não houve qualquer movimentação por parte da editora.

Na saga, o Flash acorda em um universo diferente do que estava habituado, um universo onde todos os grandes heróis estão diferentes e o mundo caminha para a destruição. Ninguém ouviu falar no Superman, a Mulher-Maravilha e o Aquaman destroem a Europa guerreando entre si e Hal Jordan não é o Lanterna Verde. Em resumo, tudo está mudado e o único que lembra como as coisas deveriam ser é o Velocista Escarlate. Cabe ao Flash reunir alguns aliados para conseguir fazer com que o mundo volte a ser como era. Ou quase. A revista principal de Flashpoint conta com roteiros de Geoff Johns e arte de Andy Kubert, sem contar as várias minisséries extras, baseadas nessa realidade.

A Panini vai lançar, além da saga principal, todas as suas minisséries extras, divididas entre os títulos mensais da Liga da Justiça, Universo DC e na nova Ponto de Ignição Especial.

Ponto de Ignição será publicada em formato americano, papel LWC e capa couché, com duração de 5 edições. O final da série é previsto para maio desse ano e o Novo Universo DC deve pintar no Brasil em junho.

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...