Cidade japonesa retira cópias de Gen Pés Descalços das suas bibliotecas escolares!

Leandro de Barros

  segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Cidade japonesa retira cópias de Gen Pés Descalços das suas bibliotecas escolares!

Conselho de Educação de Matsue considera que algumas cenas de Gen Pés Descalços são muito explícitas e mangá não está mais disponível para estudantes do Ensino Primário e Fundamental

Gen Pes DescalcosSegundo reporta o AJW Asahi, o conselho de educação da cidade de Matsue, no Japão, retirou todas as cópias do mangá Gen Pés Descalços das bibliotecas escolares da cidade. A decisão foi tomada em Dezembro do ano passado, mas só agora as edições da obra foram retiradas para o vindouro ano letivo japonês.

De acordo com a publicação, a decisão do conselho não permite que estudantes do equivalente ao Ensino Primário e Fundamental da cidade acessem livremente o mangá nas bibliotecas, embora o uso de Gen Pés Descalços pelos professores ainda é permitido.

A retirada do mangá é fruto de um pedido de um cidadão local no fim do ano passado, que reclamava que a obra descrevia ações que o Exército Japonês não teria cometido durante a Segunda Guerra Mundial. Porém, o conselho dá outra justificativa para a ação, conforme explicado por Yasunori Furukawa, chefe do conselho de educação de Matsue:

Nós não iremos remover definitivamente o mangá pois se trata de uma obra de valor incalculável. Porém, nós entendemos que ele possui trechos que merecem consideração como material de leitura apropriado para crianças

Curiosamente, os tais “trechos que merecem consideração” exibem cenas de violência onde oficiais do Exército Japonês decapitam e atacam civis e soldados de outros países asiáticos durante a Segunda Guerra Mundial.

É o mesmo trecho que gerou a reclamação no início da conversa, mas o conselho de educação da cidade não pode negar algo que foi documentado em fotografias, tendo assim de justificar a retirada do mangá de outra forma.

Misayo Nakazawa, a viúva de Keiji Nakazawa (criador de Gen Pés Descalços), opinou sobre a decisão do conselho de educação de Matsue, dizendo temer que “os membros do conselho não entendem a tragédia e a dor que a guerra e as bombas atômicas causaram“. Não só para os japoneses, mas para todos os envolvidos.

Nakazawa ainda citou uma frase do marido, onde o lendário mangaká fala sobre a reprodução de atos dos soldados japoneses em Gen Pés Descalços:

Eu suavizei as representações para as crianças, mas a brutalidade do que realmente aconteceu foi muito além do que foi retratado

.

Cerca de 80% das 52 escolas de Ensino Primário e/ou Fundamental de Matsue possuíam cópias de Gen Pés-Descalços nas suas bibliotecas.

No Brasil, quatro volumes do mangá foram publicados pela Conrad entre 2000 e 2001. Ao todo, a série vendeu mais de 10 milhões de unidades no mundo todo e é uma das séries em quadrinhos japonesas mais populares e icônicas de todos os tempos. Recentemente, o mangá voltou a ser publicado no Brasil, com seu 6º volume chegando às bancas nesse mês.

Via Crunchyroll


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários