Brian Michael Bendis fala sobre o encontro entre Peter Parker e Miles Morales

  Leandro de Barros  |    quarta-feira, 23 de maio de 2012

Autor desmente hipótese da saga ser apenas um sonho e comenta o encontro de Peter Parker com os outros personagens do Universo Ultimate da Marvel

Em agosto, o Homem-Aranha completa 50 anos de existência. Ok, não o Peter Parker, esse ainda continua bem jovem, mas a existência do Homem-Aranha chega ao seu 50º aniversário.

Para celebrar, a Marvel vai lançar a saga Spider-Men, que vai juntar os dois Homens-Aranha da editora, Peter Parker e Miles Morales, num mesmo universo. A saga deve começar em junho e o seu autor, Brian Michael Bendis, comentou alguns aspectos da história em entrevista ao Newsarama.

Uma das características que a saga deve ter, pelo que podemos perceber pelos comentários já feitos, é o sentimentalismo. Afinal, veremos Peter Parker se encontrar com a Tia May e a Gwen Stacy em um universo onde ele próprio já morreu. Bendis comentou que não serão só esses os personagens que aparecerão na saga: “A Tia May do Universo Ultimate, a Mary Jane do Universo Ultimate, a Gwen Stacy e o Nick Fury estão todos envolvidos na história também, então existirão muitos momentos extremamente emotivos que vão acontecer que são quase surreais, mas eu acho que são muito catárticos. Eu acho que foi na edição #4 quando a Sara me mandou um email e disse ‘Ok, eu chorei. Você me pegou‘”.

Bendis completou: “Nick Fury tem passado por muita coisa com o Peter do Universo Ultimate, sua conexão com Miles e sobre qual a coisa certa a se fazer. Todos esses personagens tem um investimento profundo na mitologia do Homem-Aranha, alguns deles sofreram bastante e talvez haja espaço aqui para alguma catárse que permita-os seguir em frente, de uma maneira positiva. Como deve ser para uma personagem como Gwen descobrir que existe um outro universo aí fora onde existe uma outra Gwen Stacy?“.

Uma coisa que vem preocupando fãs do Homem-Aranha sobre a saga é o seu vilão, Mysterio. Como é sabido, o vilão possui poderes ilusórios e de hipnotismo. Muitos fãs temem que os acontecimentos da série sejam apenas um sonho ou uma ilusão causada por Mystério. Bendis negou: “Com o Mystério há sempre aquele ar ‘isso está realmente acontecendo?’. Isso acaba adicionando um outro nível de frustração aos personagens, mas está acontecendo. Não será um sonho. Eu não faço esse tipo de coisa. Nunca“, disse o autor, antes de completar: “Vocês descobrirão o que se passa com o Mysterio, e como isso tudo se conecta com o Universo Ultimate, logo na primeira edição. Nós entregamos tudo de uma vez, porque é muita coisa pra entender. Vocês verão o que o Mystério fez e como ele fez  e, para os leitores de longa data, eles ficarão bem animados; se vocês não sabem nada sobre o Mystério, vão entender exatamente o que está acontecendo“.

O autor ainda terminou confirmando que a história terá ramificações para os dois heróis: “[o Peter] pode realmente ver como o mundo seria se ele se sacrificasse e isso é um tipo de coisa que realmente te abre o olho. Acho que será uma dessas revistas que você terá de ler algumas vezes, porque você estará vendo as coisas do ponto de vista de Peter, e então você verá do ponto de vista de Miles“.

Spider-Men terá roteiros de Brian Michael Bendis e artes de Sarah Pichelli e deve começar em junho nos EUA.


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários