Brian Michael Bendis deixa o comando das revistas dos X-Men

Parece que foi ontem que Brian Michael Bendis, o roteirista que mais trabalhou com os Vingadores na Marvel, anunciou que deixaria de escrever histórias dos Heróis Mais Poderosos da Terra, passando o comando da equipe para Jonathan Hickmann.

Na época, Bendis deixaria os Vingadores para assumir duas revistas dos X-Men, as duas “principais” dos mutantes atualmente, Uncanny X-Men e All New X-Men – é difícil falar em uma revista “principal” dos X-Men, já que não há uma revista ditando os rumos das outras séries.

Seja como for, Bendis deixará de escrever os X-Men em breve. A última edição do cara no comando dos mutantes será a especialíssima Uncanny X-Men #600, que sairá no mês de Abril.

Em entrevista ao Comic Book Resources, Bendis brincou com a situação:

[quote]A razão que me faz deixar os X-Men é que a Marvel vai matar a todos ou torná-los todos Inumanos e ou eu entrava nessa ou eu estava na rua! Então eu vou pra rua! Porque eu NÃO VOU PERMITIR A PERVERSÃO DO QUE VAI ACONTECER COM OS X-MEN DURANTE ‘SECRET WARS’, onde nós vamos descobrir que todos eles são filhos do Magneto o tempo todo e que o Magneto foi o primeiro Inumano. Eu não quis fazer parte disso, então eu estou de saída[/quote]

Apesar das brincadeiras, Bendis revelou que sua saída dos títulos dos X-Men tem a ver com sua vontade de escrever outras coisas e partir para outros projetos. Afinal, 2 anos e mais de 90 edições depois, é natural que o cara queira partir para novos ares.

The Handmaid’s Tale – Review – 1ª Temporada

Começa numa perseguição de carro e continua numa perseguição a pé, uma família acuada tenta fugir de seus perseguidores se embrenhando na floresta, a tensão...

Agents of SHIELD – Review – 4° Temporada

Magnifica! É a primeira palavra que me vem à mente para descrever a série Agents of SHIELD, uma série que começou com uma pegada totalmente...

Crítica | Resident Evil 6 – O Capítulo Final

Resident Evil 6 – O Capítulo Final, dirigido por Paul W. S. Anderson e levemente baseado no jogo de vídeo game do mesmo nome,  é...

Desventuras Em Série – Crítica – 1° Temporada

A quase 12 anos atrás, chegava ao cinema a adaptação de um dos maiores sucessos literários da história. “Lemony Snicket’s A Series Of Unfortunate Events”,...

Resenha de Como Tatuagem, de Walter Tierno

Walter Tierno é autor nacional, publicou dois livros pela Giz Editorial (Cira e o Velho e Anardeus – No Calor da Destruição) e agora, pela...

Resenha de Além-Mundos, de Scott Westerfeld

Scott Westerfeld é, atualmente, um dos escritores que considero consistentes a ponto de ler seus livros sem saber exatamente do que se tratam e ainda...