Brasil vai pra final da Copa Mundial de Quadribol!

Leandro de Barros

  segunda-feira, 07 de julho de 2014

Brasil vai pra final da Copa Mundial de Quadribol!

J.K. Rowling decide escrever sobre a Copa do Mundo de Quadribol 2014 e coloca o Brasil na final contra a Bulgária de Viktor Krum

Na próxima terça-feira, dia 8 de Julho, conhecido momentaneamente como AMANHÃ, a seleção brasileira de futebol enfrentará o time da Alemanha em Belo Horizonte pela final da Copa do Mundo 2014. O jogo é válido pela semi-final da competição e, em caso de vitória canarinho, o Brasil carimbará presença na FINAL do torneio, no dia 13 de Julho, no Maracanã.

Porém, caso perca, a seleção adia o sonho do Hexa até 2018. Pelo menos quando o assunto é futebol, já que se a gente for falar de  QUADRIBOL, aí o sonho do Hexa está mais vivo do que nunca!

Isso porque a seleção brasileira de quadribol derrotou o time dos EUA no último fim de semana por 430 a 310 e garantiu seu lugar na final da edição desse ano do torneio, que acontece no deserto da Patagonia, na Argentina.

Não sabe do que eu estou falando? Ok, eu explico:

Como a gente já falou por aqui, o Pottermore é um site destinado a manter o fandom de Harry Potter ativo agora que não existem mais livros ou filmes com material inédito. Vira e mexe, a escritora J.K. Rowling adiciona alguma informação nova no site, para ampliar a mitologia da sua série. Aproveitando que está rolando a Copa do Mundo no Brasil, o Pottermore surfou no hype e organizou a Copa Mundial de Quadribol 2014. Basicamente, a brincadeira toda se desenrola através de alguns textos que são publicados no Profeta Diário, o jornal do site.

Escritos por Gina Weasley (que virou correspondente de Quadribol do jornal após encerrar a sua carreira como jogadora), os textos descrevem as partidas entre as dezesseis seleções que participam do evento – que, aliás, são as seguintes: Noruega, Costa do Marfim, Bulgária, Nova Zelândia, Japão, Polônia, Ilhas Fiji ,Nigéria, Jamaica, Estados Unidos, Chade, Liechtenstein, Haiti, Alemanha, País de Gales e, claro, o Brasil.

Aproveitando o espírito esportivo dessa época, a iniciativa do Pottermore explora bastante esse lado do universo de Harry Potter e ainda dá bastante destaque para países que mal apareceram na saga – mas que possuem fãs bem fieis, como é o caso do Brasil, por exemplo.

A seleção nacional é descrita como um time bem jovem e talentosa, mas que pode sofrer com a inexperiência e temperamento, apesar de já ter ganho o torneio cinco vezes. O primeiro jogo do Brasil foi contra o Haiti e terminou após a captura ilegal do Pomo de Ouro por um dos batedores da seleção caribenha (a regra é clara: só os apanhadores podem capturar o Pomo). Avançando para as quartas-de-final, o Brasil pegou o País de Gales, num jogo bem disputado e que rendeu polêmica fora de campo: o técnico brasileiro, José Barboza, disse que as atacantes adversárias eram “bruxas sem talento” e recebeu como resposta uma ameaça de porrada do técnico galês. O jogo foi apertado, mas a nossa seleção venceu com uma captura espetacular do Pomo do nosso apanhador, Tony Silva.

Nas semi-finais, o Brasil enfrentou os EUA e a partida durou cerca de 2 dias! Após tanto esforço, a gente venceu novamente por 430 a 310 e fomos para a final.

E quem será o oponente da Seleção Brasileira na final da Copa do Mundo de Quadribol? Bem, um velho conhecido dos fãs da série: Viktor Krum e o time da Bulgária. Krum voltou a jogar quadribol aos 38 anos para conseguir “ganhar uma Copa do Mundo antes de morrer“, nas suas próprias palavras.

A equipe búlgara faz um campeonato surpreendente, sendo realmente a grande zebra da competição – eles eliminaram a Noruega, que era a favorita para levar o título e o próprio Viktor Krum calou os críticos com excelentes performances. O caminho da Bulgária para a final começou com um jogo contra a Nova Zelândia, depois o já citado embate com a Noruega, uma vitória contra o Japão nas semi-finais e então a partida com o Brasil.

E agora, quem levará pra casa a Copa do Mundo de Quadribol? A seleção brasileira, liderada pela nossa craque Alejandra Alonso, ou o queridinho Viktor Krum? Irá J.K. Rowling se influenciar pelo resultado REAL da Copa do Mundo de futebol? Descobriremos em breve!

Ah, lembra que na Copa de Quadribol em Harry Potter e o Cálice de Fogo cada seleção leva um animal fantástico do seu país como mascote? Pois bem, o mascote da seleção brasileira é o Curupira :)

+ informações sobre a Copa do Mundo de Quadribol 2014:

Outra coisa, não confunda com o Quadribol dos trouxas, que é praticado por aí com afinco também:


Já está nos seguindo no Twitter e no Facebook? Vem trocar uma idéia com a gente também no Botecão do Jack, nosso grupo no Facebook. Se quiser algo mais portátil, corre pro Telegram.

Comentários